Basta de Invasões

Por Moacir Norberto Sgarioni e Valter Luiz Orsi 
(Artigo publicado na Folha de Londrina)
 
Toda e qualquer invasão de propriedade é inaceitável – principalmente quando se trata de terras produtivas. O Paraná sofre invasões lideradas pelo MST e também de grupos indígenas que pleiteiam terras com documentação centenária. Só os indígenas já  conseguiram 1,106 milhaõ de km2, equivalentes a 13% do território nacional, recebem até Bolsa Família e não conseguem produzir o suficiente para o próprio sustento. Por que não exigir produtividade dos assentados como o governo exige dos verdadeiros produtores rurais?
 
Uma das últimas propriedades rurais invadidas pelo MST no Paraná foi a fazenda Figueira, localizada a 60 km de Londrina, entre os distritos de Paiquerê e Guairacá. A fazenda possui uma rica história. Ao morrer, em 2000, o engenheiro agrônomo Alexandre Von Pritzelwitz, mais conhecido como Alexandre Barão, pecuarista e sócio da Sociedade Rural do Paraná, deixou em testamento a propriedade com 3,7 mil hectares para a Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq), sob duas condições: 1) que a fazenda mantivesse seu foco principal em atividades pecuárias; 2) que no local fosse criado um centro de pesquisas com o nome de sua mãe, Hildegard Georgina Von Pritzelwitz. 

As duas exigências foram rigorosamente cumpridas. Em 15 anos, a fazenda Figueira, através da Estação Experimental Agrozootécnica Hildegard Georgina Von Pritzelwitz, tornou-se referência em pesquisas de ponta em produção animal, realizando parcerias com diversas universidades brasileiras, inclusive a USP e a UEL. Vale ressaltar que a Fealq é uma fundação de direito privado, sem fins lucrativos, que atua no apoio a pesquisas de desenvolvimento científico, econômico, social e ambiental. 
 
Preocupa-nos imensamente a possibilidade de que anos de trabalho científico possam ser comprometidos e, o que é pior, destruídos em pouquíssimo tempo. Seria um prejuízo incalculável para o País. Um risco que aumenta a cada dia de permanência dos invasores na propriedade. Outro aspecto importante é a preservação ambiental: a fazenda Figueira possui e protege 1,2 mil hectares de mata nativa, 32,4% da área total, próximo de duas vezes o tamanho da Mata dos Godoy, com grande diversidade biológica. A presença de invasores é um fator de extremo risco para o meio ambiente. Os resultados podem ser devastadores. Perguntamos: onde estão as entidades ambientalistas nessa hora? 
 
Há outro aspecto da questão ambiental que muito nos preocupa. Na maioria dos casos, os ambientalistas cobram constantemente dos produtores rurais as boas práticas de produção e conservação do solo – mas raramente se manifestam a respeito dos abusos de péssimos exemplos dos moradores urbanos, entre os quais podemos citar o Rio Tietê (em São Paulo), o Rio Arroio Dilúvio (em Porto Alegre), a Baía de Guanabara, o Rio Negro (em Manaus) e tantos outros pequenos rios e mananciais de cidades brasileiras, em que até esgoto é despejado sem o mínimo cuidado. Mesmo assim, para muitas organizações ambientalistas, é o agronegócio, e não o crescimento desordenado das grandes cidades, o inimigo do meio ambiente. 
 
O verdadeiro produtor rural é um aliado – jamais um inimigo – das boas práticas de conservação ambiental. A sociedade precisa estar atenta e cobrar também dos gestores públicos o respeito à propriedade e as boas práticas ambientais urbanas. As Nações Unidas já consideram o Brasil o celeiro do mundo e esperam que até 2050 estejamos produzindo 40% de todo alimento necessário para alimentar 9,2 bilhões de pessoas no planeta. Nós acreditamos no trabalho e na capacidade do produtor brasileiro, sempre fomos e continuaremos sendo absolutamente contra invasões, demarcações indígenas abusivas e roubos em propriedades particulares. 
 
— MOACIR NORBERTO SGARIONI é presidente da Sociedade Rural do Paraná e VALTER LUIZ ORSI é presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina

Um comentário em “Basta de Invasões

  • 28/08/2015, 19:13 em 19:13
    Permalink

    Toda terra invadida pelo MST vira produtiva automaticamente!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: