Bom mocismo do Tucano Richa foi pras cucuias, diz Aldir Blanc

Parte do texto de Aldir Blanc, em O Globo

O cenário pornopolítico foi dominado pelo massacre dos professores no Paraná. Depois do “prendo e arrebento”, temos Bato Racha, vulgo Beto 9.9 em violência na escala Richa. Bato Racha levou nove dias para se arrepender, e com a frase mais — desculpem, não há outra palavra — escrota que pode brotar da boca de um covarde: “Machucou mais a mim…” O perdigoto não agradou, Racha deu ré e agora aprova de novo a pancadaria sanguinolenta, balas na cara, bombas, pitbulls… Foi um tremendo rasgo na Cortina de Penas do bom-mocismo tucano. Eles são aquilo mesmo. Bato Racha mandou fitas para jornalistas comprovarem a ação de “elementos infiltrados” no protesto. Ninguém encontrou um único agente provocador. Bato Racha é também um deslavado mentiroso. (leia mais)

0 thoughts on “Bom mocismo do Tucano Richa foi pras cucuias, diz Aldir Blanc

  • 01/06/2015, 16:17 em 16:17
    Permalink

    Mas quanta besteira a gente tem que ouvir, Massacre e a matança de varias pessoas ao mesmo tempo, indiscriminadamente sem motivo, no caso do governo foi um confronto.
    Se poderia evitar é outra conversa, mas massacre não foi.

    Resposta
    • 01/06/2015, 21:36 em 21:36
      Permalink

      Foi um mero “confronto” entre cidadãos desarmados lutando por seus direitos e policiais armados até os dentes com armas não letais (mas que machucam pra caralho) durante 2 horas. A maioria desses cidadãos desarmados eram professoras e, que ironia, muitos eleitores do próprio governador que engoliram o argumento udenista de que o PT é corrupto e o PSDB é impoluto. Duas horas levando bala, gás e porrada não é massacre, é quase uma guerrinha de paintball, né?!?

      Resposta
  • 01/06/2015, 17:06 em 17:06
    Permalink

    Paçoca, a bem da verdade, a palavra “Massacre” não deveria ser usada no confronto entre a Polícia Militar e os black blocs contratados pela CUT/APP para incitar toda aquela confusão durante a manifestação dos professores. A palavra “Massacre” significa a morte de dezenas ou até de centenas de pessoas indefesas. No caso dos PMs X black blocs, felizmente ninguém morreu. É óbvio que o uso da palavra “Massacre” no mencionado episódio é parte de toda essa orquestração sofismática para ampliar a propaganda da CUT/APP.

    Resposta
    • 01/06/2015, 21:30 em 21:30
      Permalink

      Só o governador que viu black blocs na manifestação dos professores. E você que fica repetindo a versão tucana…

      Resposta
  • 01/06/2015, 20:21 em 20:21
    Permalink

    Não o que eu não compreendo é como um auditor que trabalhava a meia com s=esse governo devolve 20 milhões de reais e fico pensando,quanto eles todos roubaram e racharam com o governo.
    Esse sr da delação disse que parte era do governo ou para a campanha,ou para os bolsos de alguém e cade a PF para invadir casa de politico e pegar o que tem ou o que sobrou.

    Resposta
    • 02/06/2015, 10:22 em 10:22
      Permalink

      É o lado positivo (para o Bato Racha) da greve dos professores: ninguém fala mais da corrupção no governo tucano, ninguém se lembra mais das acusações de caixa 2 na campanha do proprietário do PSDB paranaense, a Madre Teresa de Calcutá e seus cobertores trocados por sonegação fiscal desapareceu do noticiário…

      Resposta
  • 02/06/2015, 00:23 em 00:23
    Permalink

    Aldir Blanc genial! Bato Racha! Escala Richa! KKK Os tucanos podem tergiversar mas foi massacre sim. Que confronto é esse que tem mais de duzentos feridos de um lado e nem unzinho do outro? Nenhum policial com um arranhão! Nenhum policial com um hematoma! No máximo, um “sangue” rosado. Nenhum policial com um dedinho estroncado! Pelo amor de deus! Numa sociedade minimamente civilizada o que aconteceu foi massacre sim.

    Resposta
  • 02/06/2015, 09:16 em 09:16
    Permalink

    Cadê os black blocs?! CADÊ?!

    Resposta
  • 02/06/2015, 09:16 em 09:16
    Permalink

    É muita incompetência na condução de TUDO!

    Resposta
  • 02/06/2015, 15:57 em 15:57
    Permalink

    Uma coisa serviu essa greve: para desmitificar o salarios dos professores, são otimos(é dizem que na PML são ainda mais alto) em referencia a grande maioria da população, aliás existem dois mundos no Brasil, um dos servidores públicos outro da iniciativa privada, para provar isso é só pegar esse dado do MP: 30 milhões de aposentados do INSS, gastam o mesmo que 1 milhão dos aposentados do serviço público.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: