Coisas da política: PSL e PSDB podem seguir juntos em Curitiba

do Blog do Tupan

O pré-candidato Delegado Francischini vem conversando com o presidente estadual tucano, Paulo Litro, para uma aliança visando a eleição de quatro de outubro, e o flerte tem tudo para dar certo, principalmente após a ação do prefeito Rafael Greca (DEM), de exigir a saída de Eduardo Pimentel do PSDB, para se filiar ao PSD, em uma tentativa de tirar Ney Leprevost da disputa.

Francischini fechando a aliança com Litro, garante para a chapa, o maior tempo no horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão, podendo conquistar uma vantagem sobre os demais concorrentes que poderá garantir a ele uma das vagas no segundo turno.

Deixe uma resposta