Como ficará a eleição 2020

A pandemia da Covid-19 fez com que ministros e técnicos do TSE se juntassem a parlamentares para planejar diferentes cenários para as eleições municipais deste ano, marcadas para outubro. Uma das propostas é adiar o primeiro turno para novembro e o segundo para dezembro. Outra hipótese discutida é que existam diferentes datas em cada estado, levando em conta a taxa de contágio da doença. Presidente do tribunal, Luis Roberto Barroso defende que a votação seja realizada em dois dias, das oito horas da manhã às oito da noite, o que seria inédito no país. A decisão final, porém, depende de mudanças na Constituição e de uma votação acelerada do Congresso. A ideia é que haja uma definição nas próximas semanas.

Deixe uma resposta