Copel privilegia Curitiba

Com tantos cursos em 7 universidades estaduais mantidas pelo governo do Paraná, a estatal de energia, administrada por indicados do sócio majoritário que é o próprio governo paranaense, privilegia o repasse para pesquisas para a Universidade Federal de Curitiba, onde até mantém seu LACTEC.
Não dá para entender, pois diz que doará 5 milhões de reais para auxiliar o combate do coronavírus e de outro lado repassa mais da metade para uma pesquisa na Federal, pagando taxa de administração de 15% para a Funpar:

“EXTRATO DE CONTRATO Nº 28/2020
Processo: 23075.047383/2019-20
Participes: Fundacao da Universidade Federal do Parana para o Desenvolvimento da Ciencia, da Tecnologia e da Cultura – FUNPAR; COPEL DISTRIBUICAO S.A. – COPEL-DIS; Universidade Federal do Parana – UFPR. Resumo do Objeto: Execucao do Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento intitulado “Programacao diaria de microgrids e redes ativas de distribuicao considerando o gerenciamento pelo lado da demanda”. Valor: R$ 2.722.700,00. Vigencia do Acordo: 14/05/2020 a 14/11/2022. Data de Assinatura: 14/05/2020. Assinam: Joao da Silva Dias, Enio Fabricio Ostrovski Ponczek – FUNPAR; Maximiliano Andres Orfali, Adriano Rudek de Moura – COPEL-DIS; Graciela Ines Bolzon de Muniz – UFPR.“

2 thoughts on “Copel privilegia Curitiba

  • 20/05/2020, 12:47 em 12:47
    Permalink

    Curso de Engenharia Elétrica e outras especializadas só tem em Curitiba?
    Que vergonha Ratinho

    Resposta
  • 22/05/2020, 12:59 em 12:59
    Permalink

    Esquema antigo

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: