Coronavirus: MP investigará afastamento dos funcionários da Santa Casa

de O Londrinense/Telma Elorza

O Ministério Público do Trabalho (MPT) deve abrir, em parceria com o Ministério Público do Paraná (MPPR), uma verificação para avaliar as possíveis responsabilidades da Irmandade da Santa Casa (Iscal) nos fatos que levaram ao afastamento de 95 funcionários – 15 deles confirmados com covid-19 – da Santa Casa de Londrina, confirmado nesta quarta-feira (20). A reunião entre os dois órgãos já está acertada, faltando formalizar a data. (leia mais)

Leia Também

Uma eleição preso...dencial

A campanha presidencial do Brasil tem um preso – Roberto Jefferson -, um ex-preso –...

Convenção com pouca festa confirma Requião, mas deixa vaga de candidato ao Senador aberta

O PT, seus aliados, e Roberto Requião de Mello e Silva, o escolhido para disputar...

PSB faz convenção "velório" em Curitiba

do Diário do Poder Poucos conhecem os candidatos a deputado estadual e a deputado federal...

Comente!

guest
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
joao
joao
2 anos atrás

A Prefeitura acabou de confirmar quase 200 casos em Londrina, e mais de 160 casos suspeitos. A pandemia está saindo de controle em Londrina. Lojas do Centro abertas e com aglomeração, bares abertos até de madrugada e cheios, shoppings com muito movimento, chácaras promovendo churrasco e futebol, enfim, o isolamento em Londrina está ZERO, está frouxo, e todos nós vamos pagar o preço disso, alguns inclusive com suas vidas. O já deficitário sistema de saúde de Londrina vai entrar em caos, e pessoas vão morrer sem atendimento e sem respirador.

SERGIO SILVESTRE
SERGIO SILVESTRE
2 anos atrás

Ontem o Dalagnol disse que é preciso investigar irregularidades nas compras de IPIS,e respiradouros,agora o MP quer investigar como o vírus foi parar no organismo dos infectados. Vocês não tem o que fazer é?Saia do confinamento e vá no Hospital para confirmar ora.Sempre digo que esse Pais só vai ter jeito quando parar de formar 120 mil cursados em direito por ano e nem metade disso entre os médicos e engenheiros.Essa turma tem que parar de encher o saco.

Tio Sam
Tio Sam
2 anos atrás

Se isso só tivesse ocorrido na Santa Casa… Seria bom os dois ministérios públicos fiscalizarem pra valer os hospitais de Londrina… Sinto arrepios só de pensar que ainda posso precisar de atendimento em algum hospital londrinense.