Data de vestibular pode mudar a pedido de escolas particulares

O Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino Norte do Paraná (Sinepe/NPR), pediu mudança na data do vestibular da Universidade Estadual de Londrina (UEL). A justificativa seria que a data do resultado pode prejudicar estudantes que irão disputar vagas em outras instituições. A primeira fase do vestibular seria no dia 6 de dezembro, a segunda fase entre o dia 31 de janeiro e 2 de fevereiro. A proposta do Sinepe é que a UEL, diminua o intervalo entre  as duas fases e antecipe o resultado do vestibular. A proposta será discutida na reitoria da UEL, hoje às 14h30, pelo sindicato, universidade, representantes das escolas e o vereador Rony Alves, da Comissão de educação.

Deixe uma resposta