Diretor geral do DER do Paraná está preso

Pois bem já está preso o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem no Paraná (DER/PR), Nelson Leal. na 48ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Integração.

E olhe só que coisa. Carlos Nasser, funcionário com cargo em comissão da Casa Civil do governo Richa, que fica na sede do governo do Paraná, foi alvo de busca e apreensão. Ele é considerado homem de confiança do governador.

6 comentários em “Diretor geral do DER do Paraná está preso

  • 22/02/2018, 11:09 em 11:09
    Permalink

    Tem que desbaratar essa ORCRIM, E ACABAR DE VEZ COM O PEDÁGIO CRIMINOSO que tanto prejuízo trouxe aos paranaenses, enquanto duas famílias se enrriqueciam as nossas custas e mandar para a cadeia quem quer que seja.

    Resposta
  • 22/02/2018, 11:24 em 11:24
    Permalink

    E a gente não se esquece que o governador tinha também um homem de confiança em Londrina que se ferrou na justiça…

    Resposta
  • 22/02/2018, 13:22 em 13:22
    Permalink

    A Lava Jato quebrou deu sinais de que pode quebrar um paradigma que faz muitos odiarem sua origem: o fato de só enquadrar o PT o que soa como perseguição e enseja todas as teorias e (por que não!) verdades. O ninho tucano começou a ser revirado e outras fases podem vir. Fiquei pensando que a ZR3, tão polêmica, pode ter influenciado a PF e o próprio Moro a dar uma batida em Londrina. Sem contar a Publicano, outra pérola do gaequismo local, que também já mostrou suspeitas de sujeira no governo tucano de Beto Richa. Teve gente próxima presa e outros mais próximos ainda podem se dar mal em novas fases da Operação. E serve como exemplo para os juízes, principalmente da ZR3, reverem o uso da tornozeleira eletrônica e voltar às tão polêmicas prisões, que com as delações premiadas fazem o cidadão ter acesso à verdade dos fatos, mesmo que a justiça ainda seja tão falha.

    Resposta
    • 22/02/2018, 20:27 em 20:27
      Permalink

      A lava jato está longe de chegar ao grã-tucanato. Está, por enquanto, chegando aos bagrinhos do tucanato. Há quantos anos o Youssef caguetou o Aécio pro dr. Moro? Há muito tempo mas o Aécio continua livrinho, solto como uma pombinha no bosque e exercendo o cargo de senador. Cadê a famosa lista da Odebrecht que estava cheinha de tucanos e de golpistas? Sumiu do noticiário porque deve ter parado em alguma gaveta do judiciário. O operador do José Serra e do Alckmin está em cana, já caguetou todo mundo mas os dois tucanos estão aí posando de vestais na grande imprensa. Até os R$ 113 milhões (em francos suíços) do Paulo Preto que as autoridades da Suíça descobriram e divulgaram não gerou nenhuma cana brava pra nenhum tucano paulista. Esse tratamento desigual entre petistas e tucanos não é privilégio da lava jato, mas da justiça em geral. O comentador já se esqueceu que o mensalão petista levou petistas e aliados para a cadeia e alguns até já terminaram de cumprir a pena imposta enquanto o mensalão tucano, que aconteceu cinco anos antes do petista, até agora não colocou um único tucano em cana. Então, meu amigo, por enquanto nem lava jato nem qualquer outra instância do judiciário brasileiro quebrou qualquer paradigma…

      Resposta
  • 23/02/2018, 11:00 em 11:00
    Permalink

    Será como está agora o compadre do alemão aposentado do TC/PR, vendo tudo isso acontecer, pois é fã número 1 do pedágio do Paraná, inclusive a sede da Econorte já foi escritório de sua empreiteira que faliu.

    Resposta
  • 24/02/2018, 08:59 em 08:59
    Permalink

    Muita gente não sabe, mas Nelson Leal Junior é de família tradicional de Paranavai, ligada ao Volpato que também está preso. Leal deixou o grupo do ex governador Jaime Canet Junior, aonde trabalhava na parte de engenharia dos Hoteis Diville, que segundo informações seu salário chegava a quase 50 mil, mensais, para ser Diretor Geral do DER/PR, símbolo DAS-1, cujo salário mensal líquido, conforme portal da transparência chega a 10 mil reais. Dá para acreditar numa opção dessa.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: