E aí dona Gleisi, vai ficar por isso mesmo? Cadê a verba para a ferrovia?

Quem leu o balanço publicado na segunda pela empresa VALEC, do Ministério dos Transportes – a ser ratificado na assembleia de acionistas em 29 de abril, verificou que o governo federal não incluiu em 2014 e nem nos planos de 2015 o pagamento dos estudos para a ferrovia entre Maracaju (MS) a Paranaguá, como a ex ministra Gleisi Hoffmann havia prometido quando ocupava a Casa Civil da presidente Dilma Roussef.

E lá no balanço está o pagamento do EVTEA (Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental) dos trechos da Ferrovia Norte Sul entre Panorama (SP) a Chapecó (SC), bem como de Chapecó a Rio Grande (RS), sem constar o porto de Paranaguá.
Para não deixar de ser feliz – está listado ainda a contratação dos EVTEA, Levantamento Aerofotogramétrico e projeto básico do corredor ferroviário de Santa Catarina – entre Dionísio Cerqueira ao porto de Itajaí (SC) – a chamada ‘Ferrovia do Frango’.
No caso do Paraná sobrou apenas o sonho de uma nova ferrovia para o porto de Paranaguá, vindo do Mato Grosso do Sul, com traçado mais rápido entre Guarapuava ao porto.

Um comentário em “E aí dona Gleisi, vai ficar por isso mesmo? Cadê a verba para a ferrovia?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: