Já dizia o poeta, só não gosta de mordomia quem nunca teve. Veja o caso da Fiep

do Fernando Tupan

volvo

Neste cenário em que o país amarga alto número de demissões, a Federação das Indústrias do Estado do Paraná – Fiep, colabora com o índice, demitindo mais de 1000 colaboradores de suas casas.

Enquanto o Brasil clama por redução de taxas e impostos, a Fiep aumentou em até 1300% a anuidade dos filiados.

Critica-se o Governo Federal que age sem transparência e emprega dinheiro público em conforto para alguns membros do alto escalão. Enquanto isso, a Fiep paga uma remuneração expressiva ao presidente, fornece cartão corporativo e ainda compra, recentemente, para o uso do presidente aos finais de semana, um carro Volvo XC90, de mais de R$ 300 mil (carro da foto), sendo que a entidade já possui outro veículo, com motorista, para uso exclusivo do presidente. Esta Fiep esbanjadora que acompanhamos terá que moral para cobrar mudanças nos desmandos do sistema público?

2 comentários em “Já dizia o poeta, só não gosta de mordomia quem nunca teve. Veja o caso da Fiep

  • 16/02/2016, 12:42 em 12:42
    Permalink

    Isso é ofender o povo brasileiro.

    Resposta
  • 18/02/2016, 10:08 em 10:08
    Permalink

    Esse presidente da Fiep é filho do PT. Ele até pediu pra ser vice da gleyse no governo só que levo um toco da lora.

    Independente do valor do carro, só o fato de trocar de carro nesse momento em que empresários vendem tudo o que tem pra tentar manter as portas abertas, já é um afronto. Centenas de empresas fechando e o bonito comprando carro de luxo.

    Parabens seu Edison Campanholo, aprendeu direitinho com seus mentores Lulistas a usar dinheiro que não é seu, pro conforto seu e da sua família.

    Fora isso, todo mundo sabe que ele tá prosperando. Vai sair bem da Fiep.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: