Em Rolândia, o trator apareceu para derrubar a mata. Os ambientalistas não apareceram pra protegê-la

DSC_1010

No local havia uma mata.

É no passado mesmo, havia uma mata.

Na entrada de Rolàndia, havia uma mata que chamava a atenção de quem passava pelo local. Ela não existe mais. Foi derrubada para a construção de barracões.

Pior, derrubada sem a autorização do Instituto Ambiental do Paraná. No local haviam 132 espécies nativas e outras 71 exóticas.

Nenhum dos radicais ambientalistas da cidade, que fazem barulhaço toda vez que uma empresa quer se instalar no município, apareceu para contestar a derrubada de uma das poucas matas nativas que ainda restavam na região.

Um comentário em “Em Rolândia, o trator apareceu para derrubar a mata. Os ambientalistas não apareceram pra protegê-la

  • 18/03/2015, 19:03 em 19:03
    Permalink

    Então se a coisa agrada os meio ambiente meio de vida ninguem reclama.

    Resposta
  • 19/03/2015, 09:09 em 09:09
    Permalink

    Tendo o Joni Lehmann como prefeito, AQUI TUDO PODE…INFELIZMENTE.

    Resposta
  • 19/03/2015, 10:07 em 10:07
    Permalink

    Sou ambientalista e blogueiro aqui em Rolândia. Com relação ao bosque citado, eu fiz a minha parte. Estive lá no início do desmatamento. Acontece que o proprietário disse que tinha uma autorização do fiscal do município conhecido como Paulo Funasa. Publiquei a matéria no mesmo dia… logo depois, a secretária municipal do meio ambiente leu a matéria e respondeu dizendo que não havia autorizado nada. Pedi a ela que então que interditasse o desmatamento. No outro dia a Polícia florestal autuou o desmatamento. Por se tratar de uma propriedade particular e sendo um bosque misto, onde predominava o plantio de eucaliptos (planta exótica), o meu parecer era que a melhor solução seria o município desapropriar a área e transformá-la em um bosque público. Mas o executivo não deu importância a este bosque. Eis o link da minha matéria no Blog do Farina: http://blogdojosecarlosfarina.blogspot.com.br/2015/03/rolandia-comdema-autoriza-derrubada-do.html

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: