Empresa tem licenças para lançar as Mud Balls no Lago Igapó

Domingo haverá em Londrina o Abraço ao Lago Igapó. E, durante o evento, serão lançados no lago dez mil bolinhas chamadas Mud Balls. É uma tecnologia desenvolvida pelo professor japonês Teruo Higa (veja aqui) que, conforme o site da empresa EmroJapan através da combinação de microrganismos benéficos que existem na natureza, como bactérias do ácido láctico, leveduras e bactérias fototróficas ativa microrganismos locais e nativos que vivem no solo e na água e maximizam sua energia natural. Estes microorganismos se alimentam da parte orgânica excedente no lago, promovendo ajudando a combater a poluição.

Segundo Reinaldo Righetti, da BioConsult Agronegócio, a tecnologia já foi usada para ajudar a recuperar os rios Tamisa, na Inglaterra, o Tejo, em Portugal e a Lagoa da Pampulha, no Brasil, entre outros.

Righetti enviou ao blog documentos que autorizam o trabalho que será realizado no lago. Veja abaixo

 

2 comentários em “Empresa tem licenças para lançar as Mud Balls no Lago Igapó

  • 21/09/2018, 08:17 em 08:17
    Permalink

    Senhor Righetti, pergunta ao senhor quanto vai custar e de onde vira o dinheiro para pagar o evento…..com a palavra a prefeitura da cidade.

    Resposta
  • 21/09/2018, 23:50 em 23:50
    Permalink

    Mud Balls?!? Será que não tem espertinho querendo ganhar dinheiro vendendo placebo como remédio eficaz contra a poluição? Não me aguentei de tanto rir quando li que as tais “mud balls” foram usadas na recuperação dos rios Tâmisa e Tejo e na Lagoa da Pampulha. Pra mim, “mud ball” só funciona se o ecologista enfiar a mão na lama do Igapó, fazer umas bolinhas, levá-las para casa, secá-las ao sol… Aí cada um faz o que quiser com suas “mud balls”, menos devolvê-las ao Igapó, né? Alguém já ouviu falar numa empresa, há muitos anos, que vendia um produto orgânico que transformava a merda das fossas em água e liberava espaço para pôr mais merda nas fossas? Juro! Muita gente acreditou nisso… Me desculpem, só acredito vendo. Quá! Quá! Quá!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: