Famílias de presos da PEL 2 poderão falar com detentos por telefone

DSC02037O diretor geral do Departamento de Execução Penal do Estado do Paraná, Luiz Alberto Cartaxo Moura, disse hoje ao deputado Evandro Araújo que as famílias dos presos da Penitenciária Estadual de Londrina (PEL 2) farão um credenciamento no Patronato e depois vão poder falar por telefone com os detentos.

O deputado Evandro se reuniu com o diretor geral do DEPEN, a pedido da Pastoral Carcerária de Londrina que pediu ajuda para abrir um canal de comunicação entre as famílias e os presos. Segundo a Pastoral, as famílias estão desesperadas em busca de informações após a rebelião na PEL.

O diretor geral informou que os presos estão retornando aos cubículos a partir de hoje. Luiz Alberto Cartaxo disse também ao deputado Evandro que existem R$ 130 milhões liberados pelo Governo Federal que serão aplicados em 20 projetos no Paraná, desde construção, reforma e ampliação. Desses, três projetos estão previstos para a região de Londrina. “Repassamos estas informações ao Padre Edivan, da Pastoral Carcerária. Nossa intenção é tranquilizar as famílias e ver esta situação resolvida o mais rápido possível”, comentou Evandro Araújo.

*Da Assessoria

Um comentário em “Famílias de presos da PEL 2 poderão falar com detentos por telefone

  • 20/10/2015, 17:28 em 17:28
    Permalink

    e a familia das vitimas dos mortos por estes vagabundos sera que tem alguem procurando para ao menos rezar um pai nosso….vagabundo deve ser tratado na porrada e tranca, isto vale para os de colarinho branco e os pe de china

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: