Greve na UEL continua, companheiro

Os servidores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e do Hospital Universitário (HU) vão manter a greve. Eles decidiram isso hoje, em votação unânime. A assembleia foi realizada no pátio do HU, e alcançou votação de todos funcionários (3.840).  Os servidores afirmam que Richa quebrou o acordo de desistir do projeto de transferir R$ 8 milhões do Paraná Previdência para um fundo comum nas contas do Estado. Os professores da UEL realizam assembleia amanhã, de manhã, e é provável que continue a paralisação.

Deixe uma resposta