Irmão da ex-vice-governadora Cida Borghetti é condenado a 3 anos de prisão

do Zé Beto
Juliano Borghetti, irmão da ex-governadora Cida Borghetti, foi condenado ontem a três anos e seis meses de reclusão por tráfico de influência no âmbito da Operação Quadro Negro, que investiga desvios em obras de construção e reforma de escolas.

O juiz Fernando Bardelli Silva Fischer, da 9ª Vara Criminal de Curitiba. também condenou o dono da Construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza que, em delação premiada, admitiu ter feito pagamento de R$ 45 mil a Borghetti, em 2015, em troca de cargo comissionado na vice-governadoria do Paraná.

Borghetti pode recorrer em liberdade e a pena poderá ser cumprida em regime semiaberto. A defesa de Juliano Borghetti reitera sua inocência e que recorrerá da decisão. Cida Borghetti informa que não praticou nenhum ato ilícito, tanto que a própria sentença analisou sua isenção.

2 comentários em “Irmão da ex-vice-governadora Cida Borghetti é condenado a 3 anos de prisão

  • 03/06/2020, 11:27 em 11:27
    Permalink

    Ex marido da vereadora de Curitiba e depois deputada italiana Renata Bueno.
    A filha de Rubens Bueno.

    Resposta
  • 03/06/2020, 19:14 em 19:14
    Permalink

    O clã Barros está com tentáculos fortes no alto escalão do executivo do Billy Bacana. Será que Londrina vai infelizmente vai voltar para as páginas negras da imprensa novamente. Da um trabalho limpar, mas eles sempre voltam….Meu Deus..

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: