Julgamento de prefeito Fred Alves, de Cornélio, é suspenso

A Câmara Municipal de Vereadores de Cornélio recebeu decisão da Justiça para suspender o julgamento do prefeito. O relator da comissão, o vereador Vanildo Felipe Sotero e o advogado Cláudio Trombini, assessor jurídico da Câmara, entenderam que não ficou comprovada a participação direta do Executivo nas irregularidades anunciadas. O relator assim permitiu um prazo maior para que o prefeito Fred Alves (PSC) possa responder aos questionamentos.

Os vereadores afirmam que a “contradição” de Sotero pode ter ocorrido por motivação eleitoral, encomendada por um grupo que não quer que  a vice-prefeita Aurora assuma o cargo. Alves é investigado pelos vereadores por negligência com os gastos públicos. Ele teria contratado um palco no valor de R$ 4,7 mil, para o Dia do Trabalhador. No entanto, a estrutura não foi utilizada.

Deixe uma resposta