Londrina Esporte Clube S/A seria uma solução?

foto Gustavo Oliveira/LEC

Desde há mais de dez anos, quando o Londrina Esporte Clube, que tem este blogueiro como um dos milhares de torcedores, foi para o fundo do poço e até hoje passa por um processo de recuperação, vem se discutindo internamento a possibilidade de transformar o clube em empresa.

A nova lei, que deve ser sancionada nos próximos dias, pode ser um novo caminho para o alviceleste. Hoje o futebol profissional é gerido pela empresa SM Sports. A diretoria do clube em nada ou quase em nada interfere nas decisões sobre o time.

O empresário Sérgio Malucelli, que já ameaçara inúmeras vezes não renovar mais o contrato inicial que se encerrou no começo do ano, renovou. Ele mesmo que não se cansa de dizer que está cansado, pode, com a aprovação da lei, reunir um grupo de empresas interessadas em comporem a S/A e dividir o fardo. Se é que é um fardo mesmo.

O fato é que o Londrina tem como patrimônio a marca, que apesar dos perrengues, é muito forte e algumas escolinhas de base parceiras. Quase nada mais do que isso.

O estádio VGD, sede do clube, pertence à prefeitura. O estádio do Café, onde manda seus jogos, também é da prefeitura. As instalações do Centro de Treinamento – aliás um baita CT-, são todas da SM Sport.

Um contrato bem feito, transformando o Londrina em S/A, colocando inclusive ações na Bolsa de Valores, pode ser um caminho menos árido.

Segundo a lei, é possível colocar no contrato exigências como a manutenção do nome do time, da sede na cidade de origem, etc.

Talvez sendo uma S/A empresas tenham mais interesse em participar do projeto.

Bem gerido, sim o futebol é um grande negócio.

RedBull é um desses exemplos de sucesso. Tem vários times pelo mundo, entre eles o FC Red Bull Salzburg, New York Red Bulls. RB Leipzig.

 

3 thoughts on “Londrina Esporte Clube S/A seria uma solução?

  • 15/07/2021, 21:24 em 21:24
    Permalink

    Pra time S/A eu só torço se eu for acionista. Só compensa torcer para time-empresa se for pra ter lucro. Mas se o time quiser ter um bom “elenco” de torcedores, basta contratar uma boa claque. Se o Tubarão virar S/A, talvez eu monte uma empresa com torcedores profissionais ardorosos para oferecer a ele.

    Resposta
  • 16/07/2021, 06:52 em 06:52
    Permalink

    Só assim para o time evoluir, acabando com a figura do Cartola que enriquece explorando seus jogadores.

    Resposta
  • 16/07/2021, 10:30 em 10:30
    Permalink

    Complementando aí a fala sobre esse câncer em forma de Cartolas, a vida toda eu ouvi falar das dívidas dos clubes, mas nunca que algum Cartola pagou ou foi responsabilizado criminalmente pelas dívidas. Fazendo uma analogia, já cansamos de ver grandes empresas falirem neste mundão afora, mas o patrimônio pessoal destes espertalhões repousam seguros nos paraísos fiscais. Me lembro de uma foto na coluna social de um jornal aqui da terrinha, estampando a foto de um grande empresário, turco, falido, ostentando no beiço um charuto Havana, todo sorridente, participando de um leilão da raça de cavalos manga larga.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: