Londrinense pagou mais multas para a CMTU

Quem verifica o balanço do Fundo de Urbanização de Londrina, gerido pela CMTU, referente aos anos de 2017 e 2016 vê um superávit financeiro alvissareiro, apesar das dificuldades que o prefeito Marcelo Belinati disse que havia na cidade. Só de aplicação financeira e movimentação de depósitos ganhou-se quase 1 milhão de reais em 2016 e meio milhão em 2017:

 REMUNERAÇÃO DE DEPÓSITOS BANCÁRIOS E APLIC FINANCEIRA
R$ 430.767,80 (2017) e R$ 907.478,18 para entradas de R$ 101.715.358,89 (2017)  e R$ 99.043.478,51 http://bit.ly/2I5gZwa
Em relação a multas de trânsito verificou-se recebimento de quase 18 milhões de reais, enquanto a média anual desde 2013 era de 10 milhões: “que no exercício de 2017 a fonte de recursos 509 estava com previsão inicial de R$ 10.105.000,00, e foram arrecadados R$ 17.642.094,01 com multas previstas na legislação de trânsito mais os rendimentos de aplicação financeira dessa fonte no montante de R$.167.140,09, totalizando R$.17.809.234,10.
Bom lembrar que o prefeito Marcelo Belinati anunciou um superávit da Prefeitura de Londrina de R$ 12 milhões em fontes de recursos livres, mas só em multas de trânsito arrecadou-se mais de 7 milhões da previsão inicial para 2017. Lembrando que a prefeitura arrecadou de impostos municipais R$ 510.726.949,34 e CMTU teve seus R$ 101.715.358,89.

Um comentário em “Londrinense pagou mais multas para a CMTU

  • 05/03/2018, 16:34 em 16:34
    Permalink

    Eu tenho uma tese: para que haja um roubo é preciso alguns fatores determinantes, dentre eles, a motivação, o individuo que ira praticar o roubo, o momento propicio e por fim e o mais importante, o que ser roubado.
    Aguardem e grandes obras ocorrerão em Londrina……

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: