Lula vai depor no dia 3 de maio, em Curitiba

Então. Saiu agora há pouco a data em que o ex-presidente Lula, o homem mais honesto da face da terra, vai se encontar com o juiz Sergio Moro.

O depoimento de Lula será no dia 3 de maio. O depoimento é relativo ao triplex do Guarujá.

 

2 comentários em “Lula vai depor no dia 3 de maio, em Curitiba

  • 03/03/2017, 21:22 em 21:22
    Permalink

    A Associação Intercultural de Projetos Sociais (AlmA) deverá ressarcir parte do valor repassado pela Prefeitura de Londrina, em convênio realizado em 2013. No total, são R$ 1.811,87, a serem devolvidos por causa de pagamentos duplicados, cuja correção ou devolução não foram comprovadas na prestação de contas. O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) julgou irregulares as contas da transferência voluntária e aplicou multa de R$ 1.450,98 à então presidente da entidade, Adriana Maria Motta de Siqueira.
    Na transferência realizada entre a Prefeitura e a entidade, três pagamentos foram duplicados. Em contraditório, a associação alegou que ocorrera falha ao registrar os valores no Sistema Integrado de Transferências (SIT) do TCE-PR. Entretanto não foi enviado documento capaz de comprovar a aplicação do dinheiro relativo a esses três pagamentos duplicados ou o termo de confissão da dívida. O montante total transferido no convênio foi de R$ 25.590,00, para a realização do Projeto Vila Cultural Alma Brasil.
    Ao analisar os autos, a Coordenadoria de Fiscalização de Transferências e Contratos (Cofit) observou que a entidade violou os artigos 62 e 63 da Lei Federal nº 4.320/64, ao não apresentar os documentos comprobatórios da aplicação do dinheiro. A unidade técnica emitiu instrução pela irregularidade das contas, com a devolução parcial do valor, solidariamente pela Associação Intercultural de Projetos Sociais e por sua presidente à época.
    Instituição privada
    Seguindo o parecer ministerial, o relator do processo, conselheiro Artagão de Mattos Leão, determinou a devolução unicamente pela entidade tomadora do recurso público. A soma de R$ 1.811,87 deve ser corrigida, com juros e correção monetária, no momento do trânsito em julgado do processo – quando se esgotarem as possibilidades de recursos administrativos no processo.
    O relator determinou, ainda, a aplicação da multa de R$ 1.450,98 à então gestora da entidade. A sanção está prevista no artigo 87, inciso IV, da Lei Complementar Estadual nº 113/2005, a Lei Orgânica do TCE-PR. Outra sanção foi a inclusão dos nomes de Adriana Maria Motta de Siqueira e de Alexandre Kireeff – prefeito de Londrina na gestão 2013-2016 e ordenador da transferência de recursos à entidade -, no cadastro de responsáveis com contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas. Nova Paiquere

    Resposta
  • 03/03/2017, 23:15 em 23:15
    Permalink

    Claudio de uma olhada no face do tio bila e veja a homenagem que o mesmo faz a canhada e seu sobrinho….n publique.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: