Mais de 1 milhão de contratos de trabalho suspensos

Dados da secretaria de Previdência e Trabalho mostram que mais de 1 milhão de empregados já tiveram seus contratos suspensos e parte dos vencimentos assumida pelo governo federal desde o início da crise causada pelo novo coronavírus no país e após a Medida Provisória 936 passar a valer.

O número, porém, deve subir. O Ministério da Economia prevê que a prerrogativa de redução de salários ou suspensão dos contratos deve atingir 24,5 milhões de trabalhadores com carteira assinada, o que corresponde a 76% de todos os trabalhadores formais do país, de acordo com dados do IBGE.
Da Veja

One thought on “Mais de 1 milhão de contratos de trabalho suspensos

  • 14/04/2020, 18:18 em 18:18
    Permalink

    Em crise, sempre os governos correm para salvar os capitalistas e não salários e empregos diretamente falando. Sempre estranhei, porque se dizem liberais, defendem o Estado Mínimo, a não interferência na iniciativa privada, o mercado se autoregula, blá blá blá, sugam o dinheiro público que deveria ir para saúde, educação, segurança e infraestrutura. E claro para salvar a si mesmo – o governo. Os ricos detém mais de 50% da riqueza nacional e não tem dinheiro para bancar seus funcionários em períodos de crise? Preserva sua riqueza, seu lucro e faz o governo pagar os trabalhadores? Acorda classe trabalhadora, acorda.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: