Marcelo Belinati e Tiago Amaral receberam doações dos generosos e enroladões auditores fiscais

Marcelo Belinati: foto Jornal de Londrina
Tiago Amaral – foto site Revelia

Dois deputados também receberam doações dos generosos auditores fiscais de Londrina. As doações aparecem na prestação de contas à Justiça Eleitoral. O deputado estadual Tiago Amaral (PSB) teria recebido a doação de R$ 8.150 (dois cheques da empresa Masterinvest Service) e o deputado federal Marcelo Belinati (PP) recebeu R$ 5,3 mil em duas transferências eletrônicas.  Os deputados se manifestaram dizendo que as doações para a campanha eleitoral respeitaram  a legislação eleitoral.

Um comentário em “Marcelo Belinati e Tiago Amaral receberam doações dos generosos e enroladões auditores fiscais

  • 21/05/2015, 10:58 em 10:58
    Permalink

    Mais uma prova da sujeição a que dois partidos (o PSB que de socialista não tem nada e o PP que é carne e unha com o PSDB) se submetem ao governador Beto Richa.

    Resposta
  • 21/05/2015, 11:40 em 11:40
    Permalink

    Culpar os deputados é bobagem, eles não são responsáveis pela origem do dinheiro, tampouco sairam pedindo pra esses auditores.

    Qualquer pessoa que ganha um salário razoável no serviço público e quer doar pra uma campanha, pode fazer. Isso não é crime algum. Já o que esses auditores desviavam ou cobravam de propina, aí sim é crime.

    Resposta
    • 21/05/2015, 13:13 em 13:13
      Permalink

      Claro q são, se eles não sabem a procesebcia do dinheiro. E receberam sem investigar e sem notas da procedencia são culpados tb. E ainda tem quem os defenda.
      Gente conivente é farinha do msm saco

      Resposta
      • 21/05/2015, 15:07 em 15:07
        Permalink

        Anônimo, se você ler bem, verá que o recebimento foi lícito e não de forma escondida. Tanto é que a nota de procedência é o nome e o CPF dos doadores que estão disponíveis na prestação de contas da Justiça Eleitoral, que foi o que apontou os doadores para estas campanhas.

        Resposta
  • 21/05/2015, 14:14 em 14:14
    Permalink

    LAMAÇAL IMAGINA SE ELE TIVESSE GANHO A PREFEITURA!!!!

    Resposta
    • 21/05/2015, 15:10 em 15:10
      Permalink

      Leitão Vesgo, por quê lamaçal? As doações foram consideradas legais pela Justiça Eleitoral. E o que isso teria a ver com ele ter ganho a prefeitura com esta notícia? Por acaso ter recebido uma doação, que todos os candidatos, independente de partido e cargo que concorrem, recebem de pessoas e empresas que se identificam, conforme as regras da Justiça Eleitoral vigente, é crime? Se for, todos os mandatários de cargo, sejam prefeitos, vereadores, governadores, presidente da república e deputados estão irregulares. Só que isso não é a realidade.

      Resposta
      • 21/05/2015, 22:53 em 22:53
        Permalink

        MP nele, quem não deve não teme!

        Resposta
  • 21/05/2015, 16:46 em 16:46
    Permalink

    O Marcelo eu não sei mais esse Tiago Amaral tem que pegar pesado porque o pai dele Durval Amaral conselheiro do TC do Paraná, que deu parecer favorável na licitação de emergência para o contrato com a oficia para conserto nos carros ou viaturas do estado e esse Durval a 20 anos atrás não tinha uma pulga pra dar água e hoje está milionário. a prestação de contas está certinha mais o dinheiro é de empresa de fachada ou seja é ilegal.

    Resposta
  • 21/05/2015, 17:43 em 17:43
    Permalink

    E as doações da Petrobras para as campanhas foram legais ou ilegais?I legais né,inclusive o dinheiro vindo das propinas dos auditores que era uma porcentagem para o governo são legais,beleza.

    Resposta
  • 21/05/2015, 21:22 em 21:22
    Permalink

    O Tiago Imoral, digo, Amaral faz parte da “bancada do camburão”. Não preciso dizer mais nada. O Marcelo faz parte do PP. Idem.

    Resposta
  • 22/05/2015, 21:51 em 21:51
    Permalink

    Se der uma fuçadinha nas contas da eleição que o Belinati perdeu em 2012, é bem capaz de achar mais coisas esquisitas…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: