Ministério Público quer rejeição das contas de Richa de 2014

O Tribunal de Contas do Paraná vai analisar hoje a prestação de contas do governo Beto Richa de 2014. Conselheiros podem recomendar a aprovação, rejeitar ou aprovar com ressalvas as contas. A decisão final ficará por conta da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

Durante este ano, o processo de aprovação de contas foi mais difícil. Pois o Ministério Público junto com o Tribunal de Contas apresentou um parecer rejeitando as contas do governo, alegando 23 irregularidades. Foi pedido pelos procuradores também, que o relator e conselheiro Durval Amaral fosse afastado do julgamento, por sua proximidade com o governador. O pedido foi rejeitado pelos conselheiros no início deste mês.

Deixe uma resposta