Na bomba do PCC

do Fernando Mazzini

O que era informação sigilosa de ciência das autoridades agora será público. A facção PCC tem uma das maiores rede de postos de combustíveis do Brasil, de várias bandeiras e em diferentes Estados. Com os desdobramentos da operação da Polícia Federal de ontem, o leitor vai descobrir que financiava o crime involuntariamente pelas empresas de fachada da facção.

Outro mistério
Há alguns meses as autoridades já rastreavam mais de mil empresas de fachada em nomes de CPFs de… detentos do sistema prisional do Paraná. Como assinaram a abertura das firmas, é outro mistério em investigação.

Deixe uma resposta