Nelson Tanure na Sercomtel?

O Contraponto, blog de qualidade em Curitiba, diz que a Sercomtel Telecom, a empresa de telefonia controlada pela prefeitura de Londrina (55%) e pela Copel (45%), não foi vendida a um grupo de Curitiba. O negócio, de R$ 130 milhões, foi fechado com o fundo de investimentos Bordeaux, com sede em São Paulo, ligado ao empresário Nelson Tanure.

Tanure sempre faz bons negócios. Grande acionista da operadora Oi, o empresário foi afastado do conselho no início deste ano e vendeu a participação acionária que detinha na companhia.

Agora, porém, o investidor volta ao ramo das telecomunicações com a compra da Sercomtel, segunda maior operadora brasileira em telefonia fixa, atrás apenas da própria Oi, embora tenha mercado restrito à Região Norte do Paraná e concentrado em Londrina.

Apesar do seu caráter regional, a Sercomtel detém 231 mil acessos de telefonia fixa, 102 mil de banda larga e 52 mil de celular e foi arrematada em leilão realizado em 18 de agosto na Bolsa de Valores de São Paulo (B3). Os R$ 130 milhões pagos representaram um ágio de 900% sobre o lance inicial previsto no edital.

4 thoughts on “Nelson Tanure na Sercomtel?

  • 09/09/2020, 18:07 em 18:07
    Permalink

    Os R$ 130 milhões pagos… vírgula… os R$ 130 milhões prometidos. A propósito, pelo que ouvi por aí, desses R$ 130 milhões não vai um tusta pro caixa da prefeitura. Os R$ 50 milhões prometidos de entrada vão pra própria Sercomtel. Quer dizer, a entrada não vai pro vendedor, vai pra própria empresa do comprador. Os restantes R$ 80 milhões também, dizem, serão investidos na própria empresa do novo dono. Quem sobreviver à cloroquina e à azitromicina talvez verá!!!

    Resposta
  • 09/09/2020, 19:21 em 19:21
    Permalink

    Tanure sempre faz bons negócios… Resta saber pra quem… Se alguém acha que os R$ 130 milhões da Sercomtel é uma boa grana, o sr. Tanure já levou uma multa da CVM no valor de R$ 130,5 milhões! Sabem por quê? Porque a CVM descobriu que o sr. Tanure, que controlava o estaleiro Verolme Ishibras, andou desviando grana do estaleiro, que andava financeiramente muito mal das pernas, para outras empresas dele. O final da história é que o estaleiro Verolme Ishibras foi pro beleléu enquanto estava sob o controle do Tanure e só se viabilizou quando outro grupo econômico o assumiu.

    Resposta
  • 10/09/2020, 10:32 em 10:32
    Permalink

    Tanure só ganhou dinheiro com o Lula. E fez negócio com uma empresa que tem um petista no comando. Cadê o povo antipetista? Estão fingindo que nada está acontecendo ou arrumaram um esquema…

    Resposta
  • 10/09/2020, 12:15 em 12:15
    Permalink

    A Sercomtel apesar de ser uma boa empresa por prestar um serviço decente, é uma empresa DEFICITÁRIA para o Município de Londrina e para o ESTADO do PARANÁ.

    Se livrar de um ativo custoso é tão beneficente quanto arrecadar mais.

    Ora querem privatização, ora querem o poder público. Esse povo paranaense não se decide! Ora é lava jatista, ora é protecionista.

    Se decidam, meus filhos

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: