Nova chefia da Ciretran

O novo chefe da Ciretran de Londrina, José Luiz Gil, não deve estar gostando do clima pesado que está rolando por lá depois de sua nomeação pela Casa Civil do Governo Richa.

Muitos servidores estão incomodados e reclamando de sua nomeação.

9 comentários em “Nova chefia da Ciretran

  • 10/07/2019, 16:52 em 16:52
    Permalink

    Este Gil em conheço, já foi vereador da cidade de Alvorada do Sul .

    Resposta
  • 11/07/2019, 09:08 em 09:08
    Permalink

    Tem que nomear funcionário de carreira, valorizar o servidor Público, chega de presentear apadrinhado político.

    Resposta
  • 11/07/2019, 10:32 em 10:32
    Permalink

    Justiça manda sequestrar patrimônio de ex-prefeito | Folha de Londrina
    https://www.folhadelondrina.com.br › Folha Cidades
    16 de out de 1997 – … de bens móveis e imóveis do ex-prefeito de Alvorada do Sul (68 km ao norte … Também foram denunciados os ex-vereadores José Luiz Gil, …Arquivo Folha

    Hospital da discórdiaO prédio, vendido para o Município, foi fechado em 1989 pela Vigilância Sanitária por falta de cuidados; prefeito Adécio Búfalo e o ex-prefeito José Catelli comentam o sequestro dos bens

    A Justiça da Comarca de Bela Vista do Paraíso determinou o sequestro de bens móveis e imóveis do ex-prefeito de Alvorada do Sul (68 km ao norte de Londrina), João Eudes Parente de Alencar. Uma ação popular movida em 1995 questionava a desapropriação e compra do hospital e maternidade São Bento, de propriedade do então prefeito, pelo Município. Foram pagos R$ 288.750,00 pelo imóvel e gastos mais R$ 92.808,61 com reformas, construção da maternidade e aquisição de equipamentos.
    O despacho de quatro promotores de Justiça – três de Curitiba e um de Bela Vista do Paraíso – denunciava o prefeito e mais 10 pessoas por responsabilidade de atos de improbidade administrativa, solicitando medida cautelar de sequestro de bens e quebra de sigilo bancário e fiscal. O juiz Hélder José Anunziato acatou somente o pedido de sequestro dos bens do ex-prefeito e do filho dele, João Eudes Junior Freire de Alencar, deixando a quebra de sigilo fiscal e bancário para ser definido após a defesa.
    Foram indisponibilizados imóveis rurais em nome do ex-prefeito e do filho, em Reserva e Ortigueira; um apartamento em Londrina; uma casa em Alvorada do Sul e sete veículos. Também foram denunciados os ex-vereadores José Luiz Gil, Marcos Antônio Gasparelli, Lírio Antônio Sólcia, Albertino José Spirandio, José Donizete Mansano e os engenheiros que avaliaram o imóvel, Alípio Martins Ramos de Melo, José Lineu de Godoy, Manoel Francisco Piolo e Maurício Dudeque.
    Em 1995, o prefeito colocou o hospital à disposição para ser municipalizado, alegando necessidades do setor de saúde. O hospital estava fechado desde 1989, quando uma fiscalização da Vigilância Sanitária o interditou por falta de condições para uso. Na mesma época, o Hospital Comunitário – este em funcionamento hoje – também foi oferecido para ser municipalizado, mas João Eudes não aceitou o pedido.
    Os cinco vereadores da situação convocaram sessões ordinárias e extraordinárias para aprovar a compra do hospital, de um terreno ao lado e da casa do prefeito. Houve tumulto nas sessões da Câmara e houve necessidade de a polícia retirar manifestantes do plenário. Os promotores apontaram diversas irregularidades no processo, entre elas a avaliação dos imóveis construídos em 1952 – mesmo período da emancipação política do município -, onde alegaram que o prédio era 20 anos mais novo.
    Após as eleições do ano passado, João Eudes e família se mudaram para Londrina. O filho do ex-prefeito foi indiciado por ser estudante e possuir vários imóveis em seu nome, inclusive um apartamento de cobertura, comprado por R$ 18 mil.
    Alencar foi procurado pela Folha no apartamento dele, no centro da cidade. Por interfone, um dos filhos, que não quis se identificar, disse que o pai estaria viajando e que não tem dia para retornar, evitando comentar onde ele estaria.

    Resposta
  • 11/07/2019, 10:47 em 10:47
    Permalink

    Servidor bravo, as vezes não tem capacidade.

    Resposta
  • 11/07/2019, 13:10 em 13:10
    Permalink

    Pra ser aspone só precisa ter apenas um alto QI (quem indica ). Servidor publico tem que estudar e prestar concurso Público, apresentar certidão negativa, mais uma serie de documentos, entre outras exigências , OK?

    Resposta
  • 11/07/2019, 15:23 em 15:23
    Permalink

    Servidor bravo, se tu tivesse capacidade era tu

    Resposta
  • 11/07/2019, 15:24 em 15:24
    Permalink

    Marco Antonio, este processo já foi arquivado, e não deu em nada.

    Resposta
  • 11/07/2019, 16:07 em 16:07
    Permalink

    Servidor bravo, por isso Vc nunca vai ser chefe. Postando mensagem em horário de serviço. Vai trabalhar. Ok?

    Resposta
  • 13/07/2019, 07:49 em 07:49
    Permalink

    Da dando uma de Mae Diná Pedrao? kkkkk

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: