Olha aí mano! Fundador do PSC pede que pastor Everaldo, seu ex-candidato a presidente, seja investigado por Moro

Do blog do Fernando Tupan

Enquanto partidos tentam articular uma brecha para anistiar o caixa 2, em meio aos avanços da Lava-Jato com delações que devem atingir as principais siglas do País, um dos fundadores do Partido Social Cristão (PSC), Vitor Abdala Nósseis, denunciou o candidato de sua própria agremiação à Presidência em 2014, pastor Everaldo. Em petição ao juiz federal Sérgio Moro, em Curitiba, Nósseis pediu que a força-tarefa da Lava-Jato investigue o pastor e o secretário-geral do PSC, Antônio Oliboni. As informações são do Estado de São Paulo.

Na denúncia, Nósseis pede ainda ao juiz da Lava-Jato que bloqueie os bens de Everaldo e Oliboni. Segundo ele, o pastor e o secretário-geral do partido receberam ‘vultosas quantias de dinheiro’ de empresas investigadas na operação ‘com indício de prática de crime de lavagem de capitais e organização criminosa’. Leia mais

Deixe uma resposta