Orgulho pé vermelho

A família do carpinteiro e marceneiro Bento Custódio da Silva mandou a foto daquele que fez todo o madeiramento lateral do Cine Teatro Ouro Verde, em forma de canoinhas longitudinais e que foram consumidas pelo fogo em 2012.

Morador da Vila Portuguesa, Bento tinha orgulho de seu trabalho naquele espaço cultural, já que seu filho Rogério estudou na UEL, e hoje empresário é figura carimbada nos jogos do Tubarão.
– No seu descanso eterno ele deve estar orgulhoso pela reconstrução do Ouro Verde.
São homenagens que a jovem cidade deve sempre fazer aos seus vetdadeiros construtores.

Deixe uma resposta