Padres de Maringá são afastados por descobrirem que são pais

Dois padres da Arquidiocese de Maringá foram afastados da função eclesiástica por não conseguirem manter o membro dentro da cueca. Um padre tem 65 anos e o outro 35. Respectivamente, a criança filha do padre de 65 anos irá nascer em março. E a outra, já tem um ano e meio. Eles estão suspensos e os salários foram cortados. Eles não têm direito a moradia na casa paroquial. Quando os filhos completarem 18 anos eles podem voltar ao ministério.

Um comentário em “Padres de Maringá são afastados por descobrirem que são pais

  • 23/02/2015, 20:09 em 20:09
    Permalink

    Então os padres podem voltar pro ministério quando os filhos completarem 18 anos!?! Quer dizer, a igreja não quer mesmo é pagar salário família. E o padre mais novo tá levando vantagem: ele ainda pode voltar pro ministério (52) e ainda fazer outro filho. Acho que o padre de 65 anos deveria invocar seus direitos previstos no Estatuto de Idoso. Se bem que esse padre, com 83 anos, vai voltar bem quente para o magistério.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: