Paraná amplia a importação: de assessores

do Zé Beto /Do Goela de Ouro

A República Carioca agora está completa no andar de cima da Secretaria da Fazenda do Governo do Paraná. Além do secretário Renê Garcia Junior, completam o time Liliam Lima Alves, recém nomeada, e Pablo Villarim Gonçalves, como adjunto do diretor geral.

6 comentários em “Paraná amplia a importação: de assessores

  • 11/10/2019, 19:09 em 19:09
    Permalink

    Ratinho junior enlouqueceu. Como se o Rio de Janeiro fosse exemplo em arrecadações. Não conseguem resolver seus problemas e querem receitar para o Estado do Paraná. Hipocrisia pura. Vão sangrar até onde der e ir embora. É só esperar pra ver.

    Resposta
  • 12/10/2019, 07:57 em 07:57
    Permalink

    Que susto Paçoca, pensei que era o Pablo Vittar. Pensando bem, seria o lugar ideal neste governo transformista. Kkkkk

    Resposta
  • 12/10/2019, 10:45 em 10:45
    Permalink

    Sem medo de ser injusto ou de errar: esse esta sendo, e assim continuará, o PIOR governo do Estado do Paraná, bem pior que seu antecessor. A grande obra do atual governador ainda será lançada: “COMO ACABAR COM UM ESTADO PUJANTE EM APENAS 4 ANOS”
    Brevemente nas melhores livrarias……….pena que você não terá dinheiro para comprar ou então a livraria irá a falência pela ingerência do Estado.

    Resposta
  • 12/10/2019, 17:52 em 17:52
    Permalink

    Aproveita que no Parana nao tem gente conpetente e contrata o pseudo jornalista Glenn Greenwald para a assessoria de imprensa. O problema é comprar um mamdato de deputado estadual para o marido dele, aquela excrescência que atende pelo nome de David Miranda.

    Resposta
  • 13/10/2019, 19:00 em 19:00
    Permalink

    Que absurdo o governador Ratinho Jr. buscar gente de fora pra administrar a Secretaria da Fazenda. Logo em nosso estado onde nunca se viu qualquer comportamento antiético dos auditores da Receita Estadual, né mesmo? Principalmente o pessoal que trabalhava em Londrina… Quá! Quá! Quá!

    Resposta
  • 13/10/2019, 21:09 em 21:09
    Permalink

    Tá certo o governador: o negócio é aumentar a arrecadação. Se os estrangeiros estão garantindo engordar o caixa do governo, então palmas para o governador. Do contrário, como o Ratinho Jr. vai sustentar os 3 mil agentes de segurança que ele prometeu contratar?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: