Partido Novo expulsa seu candidato a prefeito de São Paulo

Pensa num rolo daqueles pra entrar para a história. O Partido Novo expulsou do partido Filipe Sabará, seu candidato à prefeitura de São Paulo,

Segundo a nota do Novo, a Comissão de Ética Partidária da legenda decidiu por unanimidade pela expulsão de Sabará num processo disciplinar que tratou de “inconsistências em seu currículo”.

O comunicado afirma ainda que Sabará tem dez dias para apresentar recurso ao Diretório Nacional –mas esse recurso “não tem efeito suspensivo (…), de forma que Filipe Sabará está oficialmente expulso e não pertence mais ao quadro de filiados do Novo”.

As “inconsistências” no currículo de Sabará, que incluía graduações não concluídas e cursos “turbinados”, foram reveladas pela Crusoé.

O candidato também foi alvo de críticas no próprio partido ao elogiar a gestão de Paulo Maluf em São Paulo e “corrigir” sua declaração de bens de R$ 15 mil para R$ 5 milhões.

Deixe uma resposta