Pensa num rolo grande: Empresários, vereadores, secretários municipais alvos do GAECO

do UmuaramaNews

Em Iporã, noroeste do estado, foram deflagradas nesta terça-feira, 09 de junho, quatro operações pela Promotoria de Justiça. Quatro pessoas foram detidas — entre elas o Secretário Municipal de Licitações.

As operações, executadas com o apoio do GAECO de Cascavel e da Polícia Federal, resultaram no cumprimento de 24 (vinte e quatro) mandados de busca e apreensão, na suspensão de contratos do Município de Iporã com empresa investigada, na prisão quatro pessoas – dentre elas o atual Secretário de Licitações -, bem como o afastamento do cargo do atual Presidente da Câmara e de outros dois servidores.

*Operação Voto Caro*
Atendendo a pedido da Promotoria Eleitoral de Iporã, a Justiça Eleitoral expediu oito mandados de busca e apreensão, cujo cumprimento se deu pela Polícia Federal, visando apurar a prática de crimes eleitorais ocorridos durante o pleito de 2016 (compra de votos). Foram alvos da Operação Vereadores no exercício do mandato.

*Operação Rescaldo*
Foram executados, com o apoio pelo GAECO de Cascavel, cinco mandados de busca e apreensão em investigação cível que apura a prática de atos de improbidade de Vereadores de Iporã, decorrentes de enriquecimento ilícito ante a evolução patrimonial incompatível com o trabalho exercidos pelos investigados.

*Operação Intermezzo*
A investigação apura a prática dos crimes de falsidade ideológica, organização criminosa e crime contra a lei de licitações, em prejuízo ao Município de Iporã. Com o apoio do GAECO de Cascavel, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão. (leia mais)

Deixe uma resposta