PF cumpre 21 mandados em Foz do Iguaçu/PR e em Minas Gerais

da PF

Foz do Iguaçu/PR – A Polícia Federal desencadeou nesta quinta-feira, 04/06, a Operação Pescador objetivando desarticular organização criminosa voltada ao tráfico internacional de armas e drogas e associações criminosas que se dedicam a crimes de roubo na região de Foz do Iguaçu/PR, especialmente de mercadorias na região de Vila Portes, próximo a Ponte Internacional da Amizade.
Cerca de 30 policiais federais cumpriram 12 mandados de prisão preventiva, 3 mandados de prisão temporária e 6 mandados de busca e apreensão no Paraná e em Minas Gerais. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal em Foz do Iguaçu/PR.
A investigação teve início após uma grande apreensão de maconha realizada pela Polícia Federal no Rio Paraná em janeiro de 2019 e durou aproximadamente 11 meses.
Nesse período a Polícia Federal identificou diversos fatos criminosos praticados pelo grupo, realizando apreensões de munições de diversos calibres, de armas e de mais de meia tonelada de drogas trazidas do Paraguai para território brasileiro.
Durante as investigações foram realizadas diversas prisões em flagrante de suspeitos de cometer assaltos em Foz do Iguaçu/PR.
Alguns dos suspeitos da organização criminosa possuem extensa ficha criminal, constando passagens por tráfico de drogas, roubos e até homicídio e atuavam principalmente na região de Foz do Iguaçu/PR, embora tenham sido identificados outros no Estado de Minas Gerais e em Ciudad del Este, no Paraguai.
Os investigados serão indiciados e responderão judicialmente na medida da sua culpabilidade pelos crimes de organização criminosa, associação criminosa, roubo majorado, tráfico internacional de armas e drogas, associação para o tráfico e também corrupção de menores.
Dentre os suspeitos, aquele que cometeu mais crimes, pode ter penas que somadas podem passar dos 100 anos de prisão.
Sete dos mandados de prisão foram cumpridos no presídio e 3 suspeitos com mandado de prisão ainda estão sendo procurados.

Deixe uma resposta