Pode roubar as manchetes

Atenção
O processo contra a senadora Gleisi Hoffmann, do PT paranaense, será animadíssimo – e não apenas por Gleisi ser ministra e amiga de Dilma e esposa de outro político petista de importância, o ex-ministro Paulo Bernardo; mas por esbarrar no porto cubano de Mariel, construído pela Odebrecht e financiado pelo BNDES. 

Coluna Carlos Brickmann

Custo PB
Indiciado pela PF pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção passiva, por supostamente aceitar suborno, o petista Paulo Bernardo, ex-ministro de Lula e Dilma, se condenado, pode pegar até 12 anos.
Coluna Claudio Humberto

Deixe uma resposta