Prefeitura de Rolândia quer reduzir número de servidores

do Jornal de Rolândia
A Prefeitura de Rolândia enviou para a Câmara Municipal um projeto de lei para instituir o Programa de Demissão Voluntária (PDV). A leitura do projeto foi realizada na sessão do dia 14 de agosto e seguiu para a análise das comissões do Legislativo. Fábio Aparecido Teixeira Pinto, secretário de Administração, esclareceu que a medida tem como objetivo diminuir os gastos públicos. “Com a crise de hoje no Brasil, a diminuição dos recursos afetou os moradores, que não têm dinheiro para pagar o IPTU, os encargos da Prefeitura. Isso diminui a receita, mas a folha de pagamento não diminui”, justificou. 

O município conta com quase 1900 funcionários: cerca de 1700 concursados, 100 do PSS e 80 cargos comissionados. A folha de pagamento gira em torno de R$ 6 milhões e 300 mil, somando o valor da previdência, o gasto chega a R$ 7 milhões. “Esse é o meio que a gente encontrou de reduzir a Folha, através do PDV”, destacou Fábio. O secretário enfatizou que a medida é voluntária e a aceitação do funcionário do PDV depende da aprovação da secretaria que ele trabalha, da secretaria de Administração e do prefeito. (leia mais)

Deixe uma resposta