Professores da UEL têm aposentadorias canceladas

Cerca de 80 processos de aposentadoria de professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) estão travados devido decisão do Tribunal de Contas do Paraná. Os docentes que estavam de licença desde 2016, aguardavam a concessão de aposentadoria e tiveram que retornar ao trabalho. Para o Tribunal de Contas, a gratificação por tempo integral de dedicação exclusiva, não pode ser acrescentada a aposentadoria, por ser considerada vantagem de natureza transitória, que deve ser proporcional ao tempo de contribuição.

Deixe uma resposta