Quem seriam eles?

Ainda há muita especulação sobre os compradores da telefônica Sercomtel – o grupo Bordeaux. Há quem diga que um dos principais investidores do grupo seja o empresário Haroldo Jacobovicz, de Curitiba, fundador do Instituto Curitiba de Informática.

Outros afirmam que o Banco Itau, que detém a Folha de Pagamento da prefeitura de Londrina, seria também participante do grupo de investidores.

 

7 thoughts on “Quem seriam eles?

  • 19/08/2020, 16:17 em 16:17
    Permalink

    O elefante adentrou a sala de cristaleiras da vovó… Imagina o fuzuê que deve estar esses bastidores com fonte procurando jornalista por todo lado. Como disse o prefeito”divisas milionárias”.

    Resposta
  • 19/08/2020, 16:45 em 16:45
    Permalink

    Nós clientes também queremos saber caro bloguista, quem é o novo prestador de serviços de telefonia fixa e banda larga da Sercomtel. De onde veio? Tem experiência no ramo? O que acontecerá com os funcionários? Essa é a principal pergunta, importante e humana. Porque a iniciativa privada visa lucro acima de tudo e todos.

    Resposta
  • 19/08/2020, 17:55 em 17:55
    Permalink

    Talvez uma dica seja comparar a carteira do Fundo Bordeaux antes e depois da operação de compra das ações da Sercomtel. Se esse negócio vai ser pra valer, a carteira do Fundo deve ter sido recheada recentemente. Afinal de contas, só um aporte gigantesco de dindim dará condições do fundo, que declarou patrimônio líquido de R$ 35.371.563,60 em 27/7/2020, desembolsar R$ 50 milhões à vista que é o valor prometido para quitar a entrada do negócio. E olhe que, neste ano, o Fundo Bordeaux está oferecendo um rendimento negativo para seus investidores (-1,07%) enquanto a taxa do CDI está acima de 4%. Desconfio que a venda da Sercomtel ainda vai dar muito pano pra manga!

    Resposta
    • 20/08/2020, 16:46 em 16:46
      Permalink

      Valeu Sercomtel, sinto muito pelos funcionários. Reconheço a competência, os excelentes serviços prestados pela Sercomtel, afinal posso falar com segurança porque sou cliente. Não sou o tipo de pessoa que acha que toda a iniciativa privada é boa. Nem todas. Como cliente, estou preocupada. As políticas dependem muito de quem está no poder. O troco está nas urnas, capiche.

      Resposta
  • 20/08/2020, 07:21 em 07:21
    Permalink

    Glaucia, quem comprou só visa o LUCRO, o SUPER LUCRO. Esqueça as lojas de atendimento pessoal que temos atualmente, tudo será pelo famigerado 0800 que nos bem conhecemos. Hoje o cliente fala com o técnico, com o gerente, com o Diretor e até com o presidente da empresa.

    Resposta
  • 20/08/2020, 09:31 em 09:31
    Permalink

    Fato é o seguinte , do jeito que estavam as coisas não poderia continuar,ao meu ver essa atual administração do Sercomtel se superou , é a pior de todos os tempos e levaria a empresa a solvência. Infelizmente haverá demissões,até porque telecom hoje é enxuta ,diferente do que vemos hoje no Sercomtel , com 30,40 funcionários diretos opera essa empresa ,restante terceiriza de acordo com as necessidades. Tenho certeza que quem colocou dinheiro não foi pra perder. Tenho também minhas dúvidas se vai entrar no caixa do município esses 130 mi … Não vou nem resumir …o tempo irá nos mostrar …

    Resposta
  • 26/08/2020, 00:39 em 00:39
    Permalink

    Muito simples!
    Quem comprou a sercomtel vai comprar a Copel telecom.
    E vai virar provedor nacional de telefonia celular a partir dessa enorMe negociata.

    Vão consolidar a sercomtel e a copel telecom e vender por 50x o valor que pagaram originalmente.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: