Salário gordo

O prefeito de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, Hissam Hussein Dehaini (Cidadania), vetou, nesta quarta-feira (18), o projeto de lei que prevê o aumento de 60% nos salários dos vereadores do município.

O projeto foi aprovado na Câmara Municipal em primeira votação por oito votos a um e depois, em segundo turno, por seis votos a quatro.

A proposta dos vereadores é que a remuneração mensal aumente de R$ 5.992 para R$ 9.584,45 a partir da legislatura que se inicia em 2021.

O projeto volta para a Câmara, onde os vereadores podem derrubar o veto do prefeito. Isso só pode acontecer em 2020, porque a Câmara já entrou em recesso.

Deixe uma resposta