Sanepar explica os problemas ocorridos nas contas de água

A Sanepar esclarece sobre a emissão de faturas pela média de consumo:
– Isto pode ocorrer por diferentes motivos, sempre respeitando o histórico de consumo do cliente, registrado no sistema comercial.
– Caso seja observada divergência entre a média e o consumo do último mês, a fatura pode ser retificada.
– O procedimento pode ser solicitado pelo 0800 200 0115 ou nas centrais de relacionamento.
Além disso a empresa afirma que está ampliando o número de equipes em campo. Em Londrina, 60 profissionais estão em fase final de treinamento, para realizar estes serviços a partir de novembro. Em Campo Mourão outros 30 novos empregados devem iniciar o trabalho até o final do ano. Em Ponta Grossa, 30.

O presidente da Sanepar, Claudio Stabile, explica que com o crescimento do número de ligações, principalmente nas cidades de grande e médio porte, a dinâmica de atendimento aumentou consideravelmente. “A Sanepar está atenta às novas necessidades dos clientes da empresa e está continuamente buscando aprimoramento de todos os seus processos”, diz
Isto se reflete na busca alternativas de inovação em todas as suas áreas, seja por meio da contratação de serviços ou do desenvolvimento e aplicação de novas tecnologias, sempre com vistas na qualidade do serviço prestado”, destaca.
Em face disso, a Sanepar lançou, nos últimos anos, a possibilidade de o cliente realizar diversos serviços por meio do aplicativo Sanepar Mobile e pelo site da Companhia. Na mesma direção, totens de autoatendimento e a ampliação das equipes comerciais de campo aprimoram a relação entre o cliente e a empresa.
Para desempenhar a atividade, a equipe de novos contratados passou por um intenso trabalho de preparação pela Sanepar, com cursos teóricos e práticos de capacitação, que os qualifica para o trabalho de execução da leitura e emissão de faturas. Em campo, os profissionais terão o apoio e a supervisão de equipes do quadro próprio da Companhia.
Motivado com a nova oportunidade de trabalho, Jackson Strachulski está tendo seus primeiros dias de campo como leiturista em Ponta Grossa. “É uma atividade muito importante, tanto para a Sanepar quanto para o cliente. Passamos por um treinamento bem criterioso e agora estamos preparados para o dia a dia da leitura, buscando sempre a satisfação dos clientes”, diz. Os novos agentes podem ser identificados pelo uniforme na cor azul clara, com a inscrição “A Serviço da Sanepar”. Em caso de informações ou dúvidas, os clientes podem entrar em contato com a Sanepar pelo telefone 0800 200 0115, que funciona 24 horas.
Tecnologia – Além de muita disposição, os agentes saem a campo munidos do MC 55A. O equipamento, desenvolvido pela própria Sanepar, já é utilizado pelas equipes de leitura no Paraná desde 2012. O MC 55A é um smartphone que agrega alta tecnologia em hardware e software. O equipamento é compacto e leve, pesa cerca de 1,2 Kg. É fácil de transportar e usar. Com alto desempenho, ele reúne sistema de coleta, análise, processamento e impressão das contas e avisos. Desde que o modelo foi adotado, a maior parte das tarefas é executada de forma mais precisa e em menor tempo, melhorando a produtividade e o atendimento ao cliente.
No passado, os técnicos da Sanepar adaptaram para o setor de saneamento uma tecnologia utilizada nos Estados Unidos. Em 1988, a empresa implantou o sistema de leitura e entrega simultânea de conta/fatura de água e esgotamento sanitário, sendo pioneira em toda a América Latina no uso da tecnologia. O MCP (Microcomputador Portátil) revolucionou o sistema de leitura e entrega simultânea das contas. Apesar de ser um equipamento de última geração na época, pesava 4,5 kg, mas possibilitou ganhos de performance e produtividade.

 

2 comentários em “Sanepar explica os problemas ocorridos nas contas de água

  • 11/10/2019, 15:36 em 15:36
    Permalink

    Engraçado que mais 80 pessoas se queixaram disso. O mesmo problema esta ocorrendo Apucarana. Sempre o coitado do trabalhador que leva no…. passou da hora do Ministério Público tomar providencia.

    Resposta
  • 11/10/2019, 16:17 em 16:17
    Permalink

    Basta verificar o que diz o contrato e se estão cumprindo ele. Caso não é acionar os processos legais. Na verdade esse contrato tem muito mistério. Falam tanto da Sercomtel e Transporte Coletivo e esquecem desse.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: