Souza foi acusado de receber “mesada” na Carne Fraca

Sérgio Souza é daqueles personagens da política que a sorte escolhe para bafejar – esta palavra fazia tempo que eu queria usar.

Quando o PT ainda mandava no País, a hoje deputada federal Gleisi Hoffmann estava se candidatando ao Senado. Aliada ao MDB, recebeu como indicação do então presidente do partido no Paraná, Orlando Pessuti, para sua suplência, o funcionário dele Sérgio Souza.

Gleisi foi nomeada ministra do governo Dilma e Souza virou senador por um longo período. O aprendizado valeu. Disputou a Câmara dos Deputados e, com as amarrações políticas que havia feito enquanto senador, elegeu-se.

Muito ligado ao agronegócio, Souza foi citado na Operação Carne Fraca. Ele seria um dos beneficiários de uma “mesada” dada a alguns parlamentares. (Leia aqui)

2 comentários em “Souza foi acusado de receber “mesada” na Carne Fraca

  • 21/10/2019, 09:59 em 09:59
    Permalink

    Sérgio Ivaiporã.
    Tratado como filho de Pessiti indicou e apadrinhou Marcos Stamm na Itaipu além de antes ter agasalhado ele no seu gabinete de senador suplente em Brasília, pedindo sua cessão ao Governo do Paraná.

    Resposta
  • 21/10/2019, 19:35 em 19:35
    Permalink

    É isso ai, afilhado do se.hor Orlando Pessuti. Explica aí Pessutao!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: