Uber, quem sabe uma solução para o serviço em Londrina

Quem sabe desta vez a questão do Uber não se resolve em Londrina. Ontem motoristas do aplicativo e o vereador Rony Alves (PTB) se reuniram para discutir a regulamentação do serviço na cidade. É possível que um projeto de lei comece a tramitar em 1° de fevereiro e se aprovado pode em até quatro meses ser sancionado pelo prefeito de Londrina, Marcelo Belinati. Uma reunião entre a CMTU e Secretaria da Fazenda na próxima semana, vai elaborar uma forma de tributar o serviço.

Deixe uma resposta