Vale considerava 7 barragens mais críticas que Brumadinho

da Agencia Brasil

A barragem I da Mina Córrego do Feijão, cujo rompimento em Brumadinho (MG) completou um ano hoje (25), era a oitava que mais preocupava a Vale. Um sistema interno da mineradora guardava uma lista intitulada “top 10”, na qual se elencava as dez estruturas consideradas mais críticas. Todas tinham, segundo a lista, probabilidade de falha “acima do limite de aceitação”.

O sistema interno foi descoberto no curso das investigações e foi classificado de “caixa-preta da Vale” pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Na última terça-feira (21), a instituição denunciou criminalmente 11 empregados da mineradora e cinco da Tüv Süd, empresa alemã que assinou a declaração de estabilidade da barragem de Brumadinho. A lista das “top 10” foi incluída na denúncia. São estruturas que também tinham sido classificados dentro da “zona de atenção”, em outro documento que já havia se tornado público.

Deixe uma resposta