Valter Pegorer vai ter que devolver um quaisquais para Apucarana

Quando começou na política, ele era chamado de Padre Valter. Foi prefeito em Apucarana e agora foi condenado pela Justiça a devolver ao erário em R$ 147 mil por contratação irregular de um escritório de advocacia durante o mandato exercido entre 2001 e 2004.

A decisão é do juiz substituto da 1ª Vara da Fazenda Pública de Apucarana, Rogério Tragibo de Campos, em ação popular ajuizada em 2006 por José Domingos Scarpelini, também ex-prefeito de Apucarana e adversário político de Pegorer.

Com Folha de Londrina

Deixe uma resposta