Vereadores contra ou a favor do Plebiscito da Sercomtel?

A pressão das entidades pode não surtir efeito, já que agora montou-se uma comissão de estudos na Câmara Municipal, que vai terminar seus trabalhos após a Comissão da Sercomtel Iluminação, da cassação ou não dos dois vereadores Mario Takahashi (PV) e Professor Rony (PTB) – detalhe: o vereador cassado Boca Aberta perdeu na Justiça de Londrina sua ação de reintegração -, além do projeto do novo Concidade, das inúmeras batalhas pela eleição de outubro e do orçamento de 2019. – http://www1.cml.pr.gov.br/cml/site/index.xhtml
 “Não somos contrários à abertura (de capital) da empresa. Somos contrários a deixá-la sem controle. Estamos falando de 1.220 famílias que plodem ser impactadas diretamente por estas mudanças. O que defendemos é que as decisões sejam tomadas com responsabilidade e que o interesse maior seja proteger a Sercomtel”, disse Adalton Gomes, consultor da companhia.

4 comentários em “Vereadores contra ou a favor do Plebiscito da Sercomtel?

  • 05/03/2018, 16:35 em 16:35
    Permalink

    os excelentíssimos não vão aprovar a venda, a sercomtel será mantida como está, a Anatel vai revogar a concessão de exclusividade em menos de 1 ano, então eu, você e mais 500mil habitantes vamos ter que engolir os milhões de prejuizo, isso se reverterá em aumento nos impostos, como iptu e iss, e claro, os desempregados ou voces acham que a prefeitura poderá realocar todos?

    Resposta
  • 05/03/2018, 20:34 em 20:34
    Permalink

    Falando no Takahashi e no professor Rony… Mal esses vereadores entraram na lista de suspeitos e passaram a ser investigados pelo Gaeco, um vereador entrou rapidinho com pedido de cassação dos dois vereadores. Engraçado que o vereador tucano Gerson Araújo foi até condenado pela justiça à perda dos direitos políticos e da função pública por crime de improbidade administrativa e ninguém, até agora, pediu sua cassação. Será que o vereador Gerson Araújo terá tratamento especial por ser tucano ou pastor? Vamos conferir…

    Resposta
  • 06/03/2018, 09:15 em 09:15
    Permalink

    Hora errada para discutir assunto tão sério e polêmico. Já perceberam que estamos em ano de eleição? Alguém perdeu o tempo, por omissão ou despreparo.

    Resposta
  • 06/03/2018, 10:37 em 10:37
    Permalink

    Deixá-la sem controle!? Isso é o que a prefeitura e Copel vêm fazendo desde mil novecentos e guaraná com rolha ao nomear predidentes, diretores, gerentes e coordenadores com critérios políticos, sem a menor competência técnica para os cargos. Essa ingerência INCLUI os ditos comissionados de carreira, que fazem parte do quadro, mas são políticos tbm e fazem de tudo por uma boquinha…
    Puxa-saco e mosquito tem em todo lugar…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: