Pedido de cassação de Belinati Arquivado. Mais uma ação política Sonrisal em Londrina

E a política em Londrina faz um esforço danado para ficar só no momento picuinha.

Então. Em fevereito ( leia aqui) representantes de três partidos – PSC, PSD e PPS – foram à Câmara e protocolaram um pedido de abertura de Comissão Processante contra o prefeito Marcelo Belinati. Já na época havia o cheiro inconfundível de pura ação política. A acusação era de improbidade administrativa pois, conforme o povo que foi lá, Belinati teria atropelado o processo legal para aplicar o maior reajuste no IPTU desde os tempos da hiperinflação.

Tiraram fotos, bombaram as informações nas redes sociais e… e nada companheiro camarada.

Deixaram lá.

Agora a Mesa Diretiva da Câmara mandou arquivar o pedido alegando que a denúncia deveria ter sido feita através de um eleitor e não a partir de um grupo de partidos. Segundo o presidente da Casa, Ailton Nantes, os partidos foram avisados para regularizar o pedido. Foi dado prazo e os partidos nem tchum.

Ou seja, era realmente só uma ação midiática. O famoso efeito Sonrisal, faz um agito e tem pouca função.

4 comentários em “Pedido de cassação de Belinati Arquivado. Mais uma ação política Sonrisal em Londrina

  • 12/04/2018, 10:34 em 10:34
    Permalink

    Suzelei de Fátima Guilherme Salles, esposa do primo de Marcelo Belinati, Edimilson Pinhjeiro Salles (https://bit.ly/2GNmW3F) foi remanejada no gabinete do vereador Guilherme Belinati deixando a chefia de gabinete:
    PORTARIA Nº 63, DE 29 DE MARÇO DE 2018

    Art. 1º Exonerar, a pedido, a partir de 1o de abril de 2018, os seguintes servidores ocupantes dos cargos de provimento em comissão, exoneráveis “ad nutum”, no Gabinete do Vereador Guilherme Antonio Belinati Pereira, conforme segue: Antonio Aguillera Gonçalves Filho, Assessor Parlamentar, símbolo Opção A: CCL-07; Suzelei de Fátima Guilherme Salles, Chefe de Gabinete, símbolo Opção C: CCL-04.

    Art. 2º Nomear as pessoas a seguir relacionadas para, a partir de 1º de abril de 2018, ocuparem os cargos de provimento em comissão, exoneráveis “ad nutum”, no Gabinete supracitado, conforme segue:

    Antonio Aguillera Gonçalves Filho, Chefe de Gabinete, símbolo Opção C: CCL-04; Suzelei de Fátima Guilherme Salles, Assessor Parlamentar, símbolo Opção D: CCL-10.

    E Marcus Vinicius Cândido sobe na gratificação do gabinete de CCL 10 para CCL 7, ocupando a vaga de Aguilera.

    Resposta
  • 12/04/2018, 10:44 em 10:44
    Permalink

    Mais do mesmo.
    Nenhum partido destes citados, tem filiados, presidentes ou dirigentes com CPF e RG para assinar ou mesmo Título Eleitoral?
    Parece difícil acreditar.
    A turma do DEIXA DISSO Ô DILSO atuou?

    Resposta
  • 12/04/2018, 12:13 em 12:13
    Permalink

    Teatro de péssima qualidade, aliás, dirigentes tanbem da pior espécie. Acham que somos idiotas? Aguardem o resultado das urnas em outubro.

    Resposta
  • 12/04/2018, 12:44 em 12:44
    Permalink

    DECRETO Nº 386 DE 06 DE MARÇO DE 2018
    SÚMULA: Revogar o Decreto 293 de 23 de março de 2017.
    O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE LONDRINA, ESTADO DO PARANÁ, no exercício de suas atribuições legais e considerando os Autos n° 0689998-7 de Ação Rescisória, perante o Tribunal de Justica do Paraná, e o pedido de providências da Procuradoria Geral do Município n° 5217/2017 https://bit.ly/2uZM9lW

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: