Campanhas políticas na era das Fake News

, , , , , , , , , ,

Não vou brigar com PT, vou olhar para o futuro’, diz Alckmin

Thais Bilenky, Folha de S. Paulo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou neste domingo (18) que evitará a polarização em sua campanha a presidente e prega a conciliação nacional, citando o ex-presidente Juscelino Kubitschek (1956-61). “Deixo de lado os pesadelos do passado. Não vou ficar brigando por coisa de PT, não sei o quê, mas vou olhar para o futuro.”
(mais…)

, , , , , , ,

Indústria brasileira perde espaço na economia global

As participações do Brasil na produção e nas exportações de produtos manufaturados mostram que o país está perdendo importância na economia global. Em dez anos, a participação do Brasil caiu tanto na produção como nas exportações mundiais. A fatia das exportações brasileiras de produtos manufaturados no total mundial diminuiu 0,24 ponto percentual entre 2005 e 2015 e ficou em 0,58%. Enquanto isso, a participação da China aumentou 8,83 pontos percentuais e, a da Coreia do Sul, cresceu 0,55 ponto percentual informa o estudo Desempenho da Indústria no Mundo, feito pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com base em estatísticas da Organização Mundial do Comércio (OMC). (mais…)

, , ,

Temer quer mostrar que o País está avançando

Depois de livrar o próprio da reta ontem durante a sessão de ontem da Câmara Federal que barrou a investigação contra si, Michel Temer, o presidente, informa o colunista Cláudio Humberto, prepara a campanha de lançamento de um arrojado programa cujo objetivo é passar a sensação de recuperar o tempo perdido, com tantas denúncias, determinando a conclusão de mais de 4.000 obras inacabadas em todo o Brasil, no prazo máximo de um ano. Esse programa deve gerar milhares de empregos e deverá injetar na economia cerca de R$50 bilhões. Trata-se do “Agora é avançar”.

, , , , ,

Ex-candidato a presidente, Levy Fidelix é condenado por homofobia

do Estadão

A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo manteve a condenação do presidente do PRTB, Levy Fidelix, foi multado por ‘prática de discriminação homofóbica’. Fidelix deverá pagar R$ 25.070 por ter feito declarações homofóbicas durante debate das eleições de 2014. (mais…)

, , , , ,

Exclusivo: Deir dos Santos, o homem que mudou a forma de como a Inglaterra sairá da União Europeia, é de Londrina

Deir dos Santos, o brasileiro que ingressou com um processo na Justiça Britânica contra a forma como estava sendo definida a saída da Inglaterra da União Europeia é de Londrina, Paraná.

Deir é cabeleireiro e mora em Londres, na Inglaterra há 13 anos. O londrinense, que tem cidadania inglesa, tem evitado a midia para não se expor muito. Segundo seus advogados, o cabeleireiro tem recebido ameaças de morte.

A ação levou a Justiça a decidir  que cabe ao Parlamento, e não ao governo, dar início ao divórcio entre Reino Unido e União Europeia.

Santos seria, assim, um dos responsáveis por atrasar ou mesmo inviabilizar a saída britânica. A outra parte é a empresária Gina Miller.

Will Amaro, porta-voz de Deir no Brasil, diz que o seu cliente não questiona o referendo realizado mas a forma como a saída da União Europeia estava sendo organizada.

O governo britânico perdeu o recurso interposto na Corte de Apelação pela primeira ministra do Reino Unido, Theresa May.  E hoje a Suprema Corte  decidiu que o Parlamento – e não o governo – deve iniciar o processo para o país sair da União Europeia, o chamado Brexit.

Em junho do ano passado 52% dos britânicos votaram para sair do bloco europeu. Dificilmente o parlamento vai mudar a decisão popular, mas pode atravancar o processo e adiar o prazo exigindo, por exemplo, emendas ao projeto do governo.

, , , , , , , ,

Um sapato engraxado, um presidente de Portugal e, antes que me esqueça, Fora Temer

14947509_1247112798685942_5260202886067178651_n

A foto mostra o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza, engraxando os sapatos numa rua de Cascais, hoje cedo. A imagem eu emprestei da amiga jornalista Fernanda Martins que ela postou no facebook.
Nada mais natural, lá em Portugal.

Aqui no Brasil, a mesma foto povocaria discussões imensas: um homem engraxando o sapato de outro, um engravatado branco; desigualdade social, falta de oportunidades para todos, capitalismo selvagem, meritocracia, neoliberalismo, cotas, gênero, e o escambau.

Ah, e antes que eu me esqueça, o bordão:

Fora Temer.

, , , , , ,

Até gorjeta poderá ser paga com cartão de crédito

Da Câmara Federal

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou, no começo da semana, proposta que obriga as operadoras de cartão de crédito ou débito a disponibilizar aos clientes de bares, restaurantes e hotéis fatura específica para gorjeta. O objetivo é permitir aos clientes dar gorjeta também pelo cartão de crédito.

A medida está prevista no Projeto de Lei 6787/10, do deputado Glauber Braga (PSB-RJ), e recebeu parecer favorável do relator na CCJ, deputado Nelson Marchezan Junior (PSDB-RS). A análise na comissão restringiu-se aos aspectos jurídicos, constitucionais e de técnica legislativa da matéria.

Por tramitar em caráter conclusivo, o texto seguirá para análise do Senado, a menos que haja recurso para que seja votado também pelo Plenário da Câmara dos Deputados. (leia mais)

, , , , ,