Consultoria para fiscalizar concessionárias do Pedágio. Tá sobrando dinheiro aí?

E no classificados da Folha de Londrina de hoje o governo informa que está em andamento uma licitação para contratar consultorias para fiscalizar as obras das concessionárias do pedágio. Somados o montante chega a R$ 10 milhões.

Bom, como sou meio leso, deixa eu ver se entendi direito. O Paraná tem um dos pedágios mais caros do mundo. As concessionárias faturam altíssimo com o bolso do paranaense e dos desavisados que frequentam as nossas rodovias.

E aí o governo do Paraná vai pegar mais R$ 10 milhões de dinheiro público para contratar consultorias para fiscalizar as obras?

O Estado não pode fazer a fiscalização?

Tá sobrando dinheiro aí seu Richa?

Daqui a pouco vai querer contratar fiscalizadores que fiscalizam a consultoria que fiscaliza o pedágio.

Dinheiro público é uma festa.

, , , , , , ,

Quem tem o mando político aqui sou eu. E tenho dito. Ah tá!

foto, divulgação: Traiano e o prefeito Feversani, mando político sem constrangimento

Das coisas incompreensíveis – na verdade, bem compreensíveis – da vida pública e seus entrelaçamentos.

Li agora há pouco no blog do antenado roqueiro político Fernando Tupan que o prefeito de Bom Sucesso do Sul, Nilson Antonio Feversani, assinou hoje um termo de cooperação com o DER e a Secretaria de Infraestrutura e Logística para a construção de uma nova ponte sobre o Rio Santana, na divisa com Francisco Beltrão. O termo foi assinado no gabinete do deputado Ademar Traiano (PSDB), presidente da Assembleia.

Mas peraí, não deveria ter sido assinado no DER?

Por que no gabinete do deputado tucano?

Ah tá, para que a foto mostrasse de quem é o mando político na área.

 

, , , ,