Deputada, pré-candidata ao Senado, não aceitou bem a fala de Bolsonaro

Pré-candidata ao Senado e morrendo de vontade de ter o apoio do presidente Jair Bolsonaro, a deputada federal Aline Sleutjs deixou o PSL e ingressou no PROS com a expectativa de ser a candidata da direita na disputa .

Bem, ontem Bolsonaro disse em Maringá que seu candidato ao Senado no Estado é o deputado Paulo Martins.

A deputada sentiu o golpe.

E enviou esta carta aos seus apoiadores pelo whatsapp:

 

Amigos gostaria de registrar algo importante. Desde novembro estou em pré campanha . Atendi até este momento 300 municípios do estado do Paraná . Tenho mais de 200 prefeitos e mais de 400 vereadores. Enviei 200 milhões ao estado e estou entre os 30 deputados mais atuantes do Brasil. O segmento agro , cooperativas, sindicatos , sociedades rurais estão fechados comigo. Também graças a Deus muitas igrejas , grupos de direita como a República de Curitiba , segurança pública e educação . Tudo isso foi possível graças ao trabalho árduo dos 3 anos e meio de mandato, que construí sem usar o presidente de bengala e sem pisar em ninguém . Desde ontem não venço responder mensagens de apoio de todos estes segmentos pedindo para eu continuar , pois não podem ficar sem representatividade. Vale lembrar que em nenhum momento o presidente me pediu para desistir . Ontem inclusive fizemos vídeo , ele me deu um abraço, segundo ministro Braga Neto perguntou de mim no voo , pq eu não estava lá ? Eles informaram que eu já estava na feira fazendo palestra…. Não estamos brigados , não temos problemas , aliás nunca tivemos , continuarei fazendo sua campanha nos 4 cantos do Paraná . Para não causar mais desconforto e também pq não posso perder tempo, tenho que trabalhar e ajudar a eleger nosso presidente , prefiro me retirar , todos sabem meu telefone, todos sabem onde moro , qualquer coisa só me procurarem, sou fiel até o final. Se for pra morrer que seja lutando pelo Brasil, pelo Paraná , pelo presidente e pelo agro .

Aline Sleutjes, deputada federal

Leia Também

Preparem os bolsos, mais uma vez. Petrobras reajustará o diesel em 8,87% amanhã

A Petrobras irá reajustar em 8,87% o preço do diesel nas suas refinarias a partir de amanhã,...

Golaço de Cabrini tira Londrina do sufoco

do VEC Enfim, uma baita notícia para o torcedor Alviceleste. O glorioso e intrépido Tubarão...

O Partido Republicanos convida

Comente!

guest
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Zé Dirceu
Zé Dirceu
11 dias atrás

Bem feito. Essa é a sua recompensa por ter votado a favor do fundão – e não venha com a conversa fiada que votou a favor da LDO com menção contra ao fundão, que não cola. Por mim não ganha nem pra síndica mais. Que apodreça no ostracismo.

Glaucia
Glaucia
11 dias atrás

Não passa de uma bolsonarista de extrema-direita que vota matéria contra trabalhadores e minorias.
Aline Sleutjs é igualzinho Carla Zambelli, Bia Kicis, Caroline de Toni, Janaína Paschoal……
Todas seguidoras do Bolsonaro.
Essas fascistóides não podem se reeleger, muito menos Senado.

Acho Bem Feito
Acho Bem Feito
6 dias atrás

-Galvão!
-Diga lá, Tino!
-SENTIU!