Acusada de peculato, vereadora tem mandato cassado

Da CATVE – Laís Laíny

Em sessão que durou mais de três horas, foi cassado nesta quinta-feira (27) o mandato da vereadora Flávia Dartora, do partido Republicanos. Foram sete votos favoráveis e dois contrários.

A acusação foi de quebra de decoro parlamentar. A vereadora foi alvo da Operação WO, deflagrada pelo Ministério Público em novembro do ano passado. Dartora estava afastada do cargo, pode determinação da Justiça, por seis meses sem receber salário.
A denúncia aponta que a vereadora e seu marido lideraram uma organização criminosa que teria praticado os crimes de peculato, falsidade ideológica, fraude a licitação e lavagem de dinheiro. A vereadora, que estava impedida de contratar com o poder público, criou com seu marido uma empresa composta por laranjas que foi contratada em 2018 pela Prefeitura de São Miguel do Iguaçu para prestar o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos para crianças em situação de vulnerabilidade social. (leia mais)

2 comentários em “Acusada de peculato, vereadora tem mandato cassado

  • 28/02/2020, 16:15 em 16:15
    Permalink

    Tem que ir pra cadeia.

    Resposta
  • 29/02/2020, 05:51 em 05:51
    Permalink

    E o nosso glorioso vereador Gerson Araújo, continua firme e forte no cargo, alegando inocência. Qdo e que o presidente e demais vereadores vão tomar alguma atitude. No minimo teriam que afasta-lo por tempo indeterminado. É uma inércia tamanha que da nojo desse povo. Depois reclamam que a imagem dos vereadores vai de mau a pior, quase na sarjeta. E ainda o cara-de-pau esta pensando em participar das proximas eleicoes? Ai é pra acabar com o Pequi de Goiaz, como dizia o Plinio de Mello.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: