Câmara de Londrina vai discutir o aumento do número de vereadores. Você concorda ou discorda?

Não se pode negar que o presidente da Câmara de Londrina, Emanoel Gomes, vai  pra briga. Mas algumas brigas são inglórias e podem custar muito.

Uma das coisas que ele quer encarar é aumentar o número de vereadores na Câmara.

Na década de 1990 eram 21 vereadores. Depois, em 2004, depois de uma grita popular, o número de cadeiras foi reduzido para 19.

Pelo número de eleitores, Londrina poderá ter até 25 vereadores, conforme a legislação eleitoral vigente.

Acontece que a pergunta que nunca quer calar é: é preciso mais vereados?

Além dos muitos gastos a mais que isso provoca no erário, o que muda para a cidade ter mais cadeiras?

Você concorda com o aumento de cadeiras? Vote na enquete aí ao lado.

 

Compartilhe
Leia Também
Comente

4 Comments

  1. Glaucia

    Votei contra, pois discordo desse aumento, ainda que Londrina possa ter 25 vereadores, e mais assessores.
    O Presidente da Câmara não está sendo nada responsável com o dinheiro do contribuinte.
    Ou será que o Emanoel vai querer aumentar também o número de assessores?
    Em 2024 vamos fazer campanha contra a reeleição de quem apoiar esse projeto. 😡

  2. Anbian

    Se alguém puder apresentar algum indício de que isso iria aumentar a celeridade e qualidade dos serviços prestados pela Câmara, eu seria a favor. Mas creio que fossem 10 vereadores, a eficiência seria a mesma.

  3. Robson de Souza Germano

    Claudiao, não vi de nenhum vereador um programa que beneficiasse a cidade , tem e que diminuir, abraco Robson germano

  4. Luiz Flávio

    A maioria dos Londrinenses são contra o aumento de vereadores, pelo simples fato de entender e ver que a maioria dos atuais não fazem e não produzem nada que se aproveite, até agora não mostraram a que vieram. Se preocupam apenas em estar em evidência, produzindo os famosos FACTÓIDES e aparecer na telinha para explicar o inexplicável dos projetos mirabolantes que na maioria dos casos não tem fonte de financiamento e fiscalização definidos, empurrando tudo para o lombo da prefeitura e suas Secretarias. Houve casos absurdos de projeto sem pé nem cabeça, que receberam parecer DESFAVORÁVEL das comissões, principalmente a de Justica – indicando a Inconsticionalidade das propostas – e mesmo assim apresentados no plenário, um verdadeiro desrespeito com estas comissões que existem justamente para nortear e informar as irregularidades. Infelizmente este comportamento, está inércia, este despreparo CULTURAL, MORAL e ÉTICO dos eleitos não é próprio desta Legislatura, vem de longe sem nunca ter sido corrigido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios