Sercomtel/Copel/Fundo Bordeaux dão início à operação “pé na bunda (PNB)”, quer dizer PDV.

O Fundo Bordeaux inicia na próxima segunda-feira (25/01), o processo mais cruel de qualquer privatização, a diminuição dos postos de trabalho, e a precarização das relações de trabalho (já que alguns empregados foram informados que serão demitidos, mas que poderão continuar a prestar serviços à Sercomtel, sob forma de “PJ”, por uma remuneração inferior).

O programa de demissão voluntária (PDV) é destinado a todos os trabalhadores da Sercomtel, o valor da indenização poderá alcançar até 18 (dezoito) salários nominais, dependendo do tempo de serviço do empregado, e será pago em 08 (oito) parcelas, período em que será mantido o plano de saúde.
Alguns funcionários, ouvidos sob anonimato, reclamaram do parcelamento, dizendo que o recebimento em parcelas dificulta a realização de investimentos, ou início de um empreendimento; outros disseram que o Fundo Bordeaux não está utilizando os recursos aportados na empresa para investimentos, ou para os pagamentos das rescisões trabalhistas.
O vídeo abaixo, gravado pelo publicitário da Sercomtel, Claudir Salles de Lima, retrata bem o momento de dificuldade dos combatentes da Sercomtel, que finaliza dizendo “até aqui o Senhor nos ajudou, fiquem com Deus”, dando a deixa de que, ao não aderirem ao PDV, estarão sob a “foice do mercado”.

One thought on “Sercomtel/Copel/Fundo Bordeaux dão início à operação “pé na bunda (PNB)”, quer dizer PDV.

  • 23/01/2021, 17:14 em 17:14
    Permalink

    Que vídeo constrangedor…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: